Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Comandante exalta PM envolvido em ação que resultou em morte

De acordo com informações do site Dourados agora, o comandante da PM frisou que o policial militar colocou a própria integridade física em perigo em defesa.

Midiamax

04 de Dezembro de 2015 - 16:39

O comandante da Polícia Militar de Dourados, Tenente Coronel Carlos Silva definiu como legítima, correta e digna de elogios a ação do policial militar em uma tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (3) que resultou na morte de Jonatan da Silva Pinheiro, de 24 anos. O fato aconteceu em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informações do site Dourados agora, o comandante da PM frisou que o policial militar colocou a própria integridade física em perigo em defesa daqueles que estavam no supermercado. “Mesmo em seu momento de folga o policial não deixou de agir como policial. Os PMs fazem um juramento de defender a sociedade mesmo com o risco da própria vida”, explicou o comandante.

Para o comandante da PM em Dourados, a atitude do policial mostra o comprometimento que a instituição e seus policiais têm com a sociedade. “Isso mostra que este agente, assim como os demais que estão na Polícia Militar, estão preparados para agir em defesa da sociedade. A PM está muito honrada e segura quanto ao preparo de seus policiais”, conclui Carlos Silva.

Assalto e morte

Equipe da Polícia Civil foi acionada para ir até o supermercado, no Jardim Flórida, onde havia ocorrido a tentativa de roubo e disparos de arma de fogo, com uma morte no local. Segundo informações do boletim de ocorrência, a equipe conversou com duas operadoras de caixa, que testemunharam o crime.

Consta no registro policial que os dois assaltantes entraram no mercado anunciando o assalto. Um dos clientes, que é policial militar, reagiu dizendo 'polícia' e entrou em luta corporal com Jonatan, que empunhava um revólver. Os dois caíram no chão, momento em que o outro assaltante, que seria Adriano, chegou e também entrou em luta corporal.

De acordo com a polícia, a arma de Jonatan disparou, atingindo um freezer de sorvetes e o próprio rosto. Quando o segundo suspeito notou que o policial sacava a pistola, fugiu correndo. A equipe da Perícia também foi acionada para ir ao local, fazer os procedimentos necessários. Uma motocicleta usada pelos assaltantes, Honda Titan cinza, placas de Fátima do Sul (MS) foi apreendida e o caso registrado na delegacia como roubo majorado pelo emprego de arma, na forma tentada.