Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Construtora de Maracaju vence licitação para fazer creche do Santa Marta por R$ 1,7 milhão

A creche terá capacidade para 250 crianças de 0 a 6 anos numa região onde a Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, está construindo 106 casas populares.

Flávio Paes/Região News

29 de Julho de 2013 - 10:00

Uma empreiteira de Maracaju (a Construtora São Braz), mesma empresa que construiu a Escola Municipal Leonida La Rosa Balbuena, no assentamento Jiboia, venceu a licitação para construir o Centro de Educação Infantil projetado para o Bairro Santa Marta, numa área no prolongamento da Rua Rio Grande do Norte, Loteamento Alto da Figueira.

A empresa, que promete iniciar as obras na primeira semana de agosto, apresentou a proposta vencedora orçando o serviço em R$ 1.762.738,53, abaixo do orçamento da Policon Engenharia que venceu a concorrência realizada ainda pelo ex-prefeito Daltro Fiuza, avaliando o custo em R$ 1.820.615,02.

A creche terá capacidade para 250 crianças de 0 a 6 anos numa região onde a Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, está construindo 106 casas populares. Este Ceinf de 1.211,92 metros quadrados é no mesmo padrão do construído no Bairro Cascatinha, o Sonho de Criança inaugurado há dois anos.

Em 29 de novembro do ano passado, o então prefeito Daltro Fiuza, ao lado de Enelvo Felini (na época ainda prefeito eleito) assinou a ordem de serviço para o início das obras. Transcorreram seis meses e a empreiteira não iniciou a construção. A Policon, que tem 14 contratos de obras com a Prefeitura, enfrenta dificuldades.

Por orientação do Ministério Público, o munícipio, nem a Caixa Econômica, não vêm pagando as faturas pelas obras já executadas e com isto ficam sem recursos para dar continuidade as diferentes frentes.  Há um inquérito civil em andamento que investiga supostas irregularidades nos processos de licitação dos quais saiu vencedora e na execução das obras.