Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Sidrolandia

Consumir soja desde a infância pode ser perigoso

Os fitoestrógenos também influem nisto, pois em excesso prejudicam ao esperma e à libido masculina.

Correio do Estado

16 de Outubro de 2015 - 10:45

A soja é um alimento de incrível popularidade ao procurar melhorar a alimentação, mas justamente por isso pode acontecer que as pessoas não tenham pensado nos riscos do seu consumo em excesso; mas a realidade é que eles existem e você deve estar precavido enquanto a eles, pois por mais saudável que a soja possa ser e a quantidade de propriedades associadas a ela, os excessos de soja na sua alimentação pode trazer prejuízo; veja por que você deve moderar o uso da soja:

Em primeiro lugar, os excessos no consumo da soja estão associados ao risco de câncer de peito; as sojas contêm altos níveis de fitoestrógenos, que podem causar um problema de desbalance nas hormonas, aumentando o risco de câncer.

Além disso, assim como para as mulheres significa o risco de câncer de peito, no caso dos homens está associada ao aumento do risco de infertilidade. Os fitoestrógenos também influem nisto, pois em excesso prejudicam ao esperma e à libido masculina.

A soja em excesso prejudica também à glândula tiroides, e estudos têm encontrado que o hipotiroidismo está associado às isoflavonas da soja. As crianças que consomem muita soja são especialmente susceptíveis de desenvolver esta doença.

Confira abaixo reportagem recente feita pela TV Bandeirantes sobre o assunto: