Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 26 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Contra terceirização das empresas públicas, sindicatos paralisam serviços da Enersul

Por uma hora os serviços administrativos ficaram paralisados. Cerca de 60 funcionários da Enersul participaram do protesto.

Midiamax

30 de Agosto de 2013 - 10:28

Sindicatos de diversos setores fecharam a entrada da Enersul por uma hora no início da manhã desta sexta-feira (30) em protesto ao projeto de lei 4330, que trata da terceirização das empresas públicas. O PL deve ser votado na sessão de terça-feira (3) na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Por uma hora os serviços administrativos ficaram paralisados. Cerca de 60 funcionários da Enersul participaram do protesto. Quem não participou só pode entrar na empresa pública a pé. Já que uma corrente isolava a entrada dos carros. Muitos funcionários optaram em deixar os carros estacionados na avenida Guri Marques.

Os manifestantes ainda vão para a agência do Banco do Brasil, na avenida Afonso Pena com a rua 13 de Maio onde seguem o protesto. Depois eles devem seguir até a sede do Sindicato dos Bancários.

Representantes das centrais sindicais da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Sindsprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Seguridade, Trabalho e Previdência Social), Sinergia (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia do estado de MS), Sindicato dos Bancários, Federação da Construção Civil e Imobiliário, Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS) participaram do ato.