Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Sidrolandia

Cooperativa LAR vai desativar unidade urbana e transformar 8 hectares em loteamento

A LAR inaugurou em 2014 um complexo de armazenagem na saída para Maracaju, onde investiu R$ 20 milhões.

Flávio Paes/Região News

29 de Janeiro de 2017 - 21:29

A unidade de armazenagem urbana da Cooperativa LAR, localizada no Bairro São Bento, será desativa e a área de 8 hectares que ocupa, na Rua Generoso Ponce, no Barro São Bento, será loteada. O empreendimento vai permitir recuperar os R$ 4.899.537,66 que a cooperativa investiu na compra num leilão em julho 2014 da propriedade que pertencia à outra cooperativa, a Coagri, liquidada judicialmente. Hoje no local não há mais secagem de grãos.

Em 2010 esta unidade, com capacidade para armazenar 37 mil toneladas, foi arrendada pela cooperativa paranaense. A LAR inaugurou em 2014 um complexo de armazenagem na saída para Maracaju, onde investiu R$ 20 milhões. Lá funcionam dois silos, cada um com capacidade para 167 mil sacas; um armazém em condições de estocar 800 mil sacas; dois silos pulmões de 15 mil sacas cada um.  

A LAR também arrematou por R$ 1.710.625.42, pagando ágio de 9,65%, a Unidade Armazenadora da região do Piqui, na divisa de Sidrolândia com Maracaju, que pertencia a massa falida da Coagri (Cooperativa Agropecuária e Industrial). O complexo, que inclui um armazém com capacidade para 8 mil  toneladas, estava avaliado em R$ 1.560.000,00.