Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Corpo de Celina Jallad deve chegar a Campo Grande às 15h30

O corpo já foi liberado pelo hospital e a família fecha agora pela manhã detalhes do traslado.

Campo Grande News

28 de Fevereiro de 2011 - 09:22

O corpo da ex-conselheira do TCE /MS (Tribunal de Contas do Estado), Celina Jallad (PMDB), que morreu nesta madrugada, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, deve chegar a Campo Grande às 15h30 e ir direto para o saguão da Assembleia Legislativa para o velório, segundo informações de familiares.

O corpo já foi liberado pelo hospital e a família fecha agora pela manhã detalhes do traslado.

Na residência da ex-deputada estadual, familiares e amigos marcam presença. A suplente do senador Waldemir Moka (PMDB), Antonieta Trad, passou para deixar suas condolências. O mesmo foi feito pela ex-vereadora em Campo Grande, Tereza Name.

A primeira-dama do Estado, Beth Puccinelli, afirmou que considerava Celina “uma irmã muito querida”. Beth disse que conversou agora pela manhã com o governador e que ele não acreditava na morte da filha do ex-governador Wilson Barbosa Martins.

“Agora é hora de dar apoio e solidariedade a família do dr. Wilson”, comentou.

“A Celina parecia de outro mundo, tamanho seu jeito especial”, completa.

Estado de saúde - Segundo Marcelo Martins, primo de Celina, a ex-conselheira do TCE acordou, ontem pela manhã, indisposta e vomitando. Logo pela manhã ela foi encaminhada ao Proncor em Campo Grande.

Na unidade foi diagnosticada a gravidade do caso de Celina. A situação fez a família encaminhar Celina ao Sírio Libanês, em São Paulo, onde passaria por uma cirurgia.

Ela foi submetida ao processo cirúrgico, que terminou à meia-noite e faleceu às 5 horas.

Agora pela manhã, amigos e familiares estão na casa do ex-governador Wilson Barbosa Martins, em Campo Grande. O marido de Celina, Abdalla Jallad, está em São Paulo, junto com alguns parentes que moram naquele Estado.