Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 7 de Março de 2021

Sidrolandia

Corpos de adolescente e idoso são encontrados boiando no Rio Miranda

Os corpos foram levados para autopsia na cidade de Bonito e depois seriam liberados para os familiares

Campo Grande News

29 de Setembro de 2014 - 10:51

Os corpos do adolescente de 16 anos e do idoso Florentino Marinho do Nascimento Filho, 62 anos, foram encontrados na manhã de hoje (29), boiando na região da Ponte dos 21, no Rio Miranda, na divisa de Anastácio e Bonito. Os dois haviam desparecido após saírem para pescar.

De acordo com uma parente da vítima, que pediu para não ser identificada, Florentino morava no bairro Bonança, em Campo Grande e na tarde da última sexta-feira (26), junto com um tio foi para o rio pescar. Inicialmente a informação era de que o idoso morava em um vilarejo de pescadores da região.

No sábado o tio precisou voltar para a cidade, foi quando o idoso alugou um barco e na companhia de um adolescente foi para o rio pescar. No final da tarde, a mãe do menor teria entrado em contato com o Corpo de Bombeiros informando sobre o desparecimento dos dois. Ontem, os militares havia encontrado a embarcação, o motor de combustíveis e o material de pesca. Nesta manhã, os corpos foram localizados boiando cerca de 20 metros do local onde o barco virou.

Ainda conforme a parente de Florentino, o barco conhecido na cidade como enterra marido por ser muito pequeno e fino, foi locado pelo idoso. Os corpos foram levados para autopsia na cidade de Bonito e depois seriam liberados para os familiares.

Em Anaurilândia - Uma embarcação virou no lago da Usina Hidrelétrica Sérgio Mota, em Anaurilândia. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 17h de sábado (27). Um homem que estava no barco continua desaparecido.

Corpos de adolescente e idoso são encontrados boiando no Rio MirandaUma mulher que conseguiu se segurar no galho de uma árvore foi resgatada logo após o barco virar. O Corpo de Bombeiros ainda não divulgou o nome dela e do homem desaparecido. Também participam das buscas que foram retomadas hoje (29), a Marinha do Brasil e equipe de bombeiros de Rosana, município de São Paulo, a 85 quilômetros de Anaurilândia.

Quarto caso - Desde terça-feira (23), Mato Grosso do Sul já registrou quarto episódios de acidentes com barcos. Em Corumbá, um barco militar da Bolívia virou, matando duas pessoas, na terça-feira (23). Na quarta-feira (24), no Rio Paraguai, em Porto Murtinho, um barco-hotel de bandeira paraguaia naufragou. Na embarcação havia 27 pessoas, entre turistas e tripulantes, 13 pessoas conseguiram salvar, 11 corpos foram encontrados e três ainda estão desaparecidos.