Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 18 de Setembro de 2021

Sidrolandia

Criada há dois meses, feira livre já vai ganhar iluminação pública

Tão logo a rede fique pronta a Prefeitura entrar com a instalação das luminárias e lâmpadas. A feira, que se realiza aos sábados, conta com mais de 150 barracas.

Flávio Paes/Região News

09 de Setembro de 2013 - 09:10

Antes de completar dois meses da sua implantação, a feira livre de Sidrolândia já vai ganhar iluminação pública na Rua Distrito Federal (onde funciona) e no  seu entorno, ruas Amazonas e Distrito Federal, proximidades do Ginásio de Esporte Brizolão. Uma empresa terceirizada da Enersul, a Engelmig, iniciou a extensão da rede de energia elétrica com a instalação de três postes na Rua Amazonas; três na Minas Gerais e três na Distrito Federal. 

Tão logo a rede fique pronta a Prefeitura entra com a instalação dos braços e das luminárias . A feira, que se realiza aos sábados, conta com 136 barracas. Este  é o segundo grande investimento que a Prefeitura está fazendo em iluminação pública neste ano em Sidrolândia. 

O primeiro é na  Avenida das Flores onde foram aplicados R$ 204 mil. O  valor corresponde a  40% da receita obtida com a Contribuição de Iluminação Pública no primeiro semestre de 2013 que chegou a R$ 514.264,38. A estimativa anual é uma arrecadação de R$ 1.2150,00. Foram colocadas no canteiro central postes telecônicos com 10 metros de altura, equipados com duas luminárias (direcionadas para cada uma das pistas) portando lâmpada a vapor de sódio de 250W/22.

A Prefeitura já tem na conta na R$ 77 mil para colocar postes de 15 metros de altura e luminárias no prolongamento da Avenida Antero Lemes, entre a Aquibadaban e a Casa da Cultura. Enquanto  isto, as 60 famílias residentes  no conjunto habitacional  Sidrolar II esperam há cinco meses pela chegada da iluminação pública.

Os moradores estão pagando contribuição de iluminação pública (que corresponde a 14% do valor da conta), mas o bairro está às escuras. O assessor especial de governo Enelvo Felini diz que a Prefeitura já fez um estudo na área e deve promover a instalação de luminárias no bairro. Quanto à previsão dos serviços, Felini preferiu não estipular prazo.