Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Daltro reage à derrota na eleição da Mesa com demissão de secretários

Se fato vier a se confirmar a demissão desses secretários o prefeito perderia a maioria que hoje detém na Câmara

Marcos Tomé/Região News

15 de Dezembro de 2010 - 13:39

Daltro reage à derrota na eleição da Mesa com demissão de secretários
Daltro reage - Foto: Marcos Tom

Como desdobramento imediato do resultado da eleição de hoje da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Sidrolândia, em que a candidata indicada pelo prefeito vereadora Roberta perdeu a disputa pela presidência para o vereador Jean Nazareth do PT.

Informações extra-oficiais dão conta que o prefeito Daltro Fiúza (PMDB) adotou como medida de retaliação imediata a demissão de cinco secretários municipais indicados pelo PDT  e PT, partidos da sua base de sustentação no Legislativo que se aliaram ao PSDB  na escolha do novo presidente da Câmara.

Foram exonerados os secretários de Administração, Paulo Atílio; de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente,  Eliane Salvati  e de Assistência Social, Marcio Marqueti, todos da cota do PT. Já o PDT perdeu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Rosimeire Aparecida Garcia e a Secretaria de Infraestrutura,  com a demissão do Secretário Coronel Cesar Wilson dos Santos.  

O prefeito interpretou a vitória de Jean Nazareth para a presidência da Câmara como traição já que havia pessoalmente articulado uma chapa encabeçada pela vereadora Roberta, na qual Jean era o vice e o vereador Waldemar, passaria a condição de líder do prefeito.

Se o fato vier a se confirmar a demissão desses secretários, o prefeito perderia a maioria que hoje detém na Câmara, com sete dos nove vereadores integrando a sua base de sustentação. Se os três vereadores do PT e PDT se alinharam ao PSDB, com dois representantes, Daltro passaria a contar apenas na sua base com os vereadores do PMDB.