Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 28 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Daltro vai deixar pacote de bondade com R$ 14,2 milhões empenhados para projetos e obras

Um “pacote de bondades” que vão permitir que Enelvo Felini já no primeiro ano de governo, iniciar e concluir mais de R$ 14,2 milhões em obras e projetos.

Flávio Paes/Região News

26 de Novembro de 2012 - 10:12

Além das informações e documentos exigidos pelo Tribunal de Contas, o prefeito Daltro Fiúza está apresentando aos técnicos da equipe de transição do futuro prefeito, um “pacote de bondades” que vai permitir que Enelvo Felini ,já no primeiro ano de governo, inicie e conclua mais de R$ 14,2 milhões em obras e projetos.

Os recursos estão empenhados e para serem liberados dependem da apresentação de projetos executivos, da disponibilidade financeira da prefeitura para assegurar a contrapartida. Enelvo já esteve na Caixa Econômica para saber o estágio de tramitação dos projetos.

Do total empenhado, R$ 2,9 milhões são destinados a obras de drenagem e infraestrutura, algumas já em andamento, enquanto os R$ 11,3 milhões restantes são para uma série de obras e iniciativas de caráter social. São verbas para construção de 52 casas, seis salas de aula; um centro de educação infantil; uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA); construção de duas unidades básicas de saúde e reforma de quatro; praças, áreas de lazer.

Na área da saúde estão assegurados R$ 1.820 milhão, investimento em parte já está em andamento. As obras da Unidade Básica do Alambari, no Assentamento Eldorado, estão 50% concluídas. A construção está orçada em R$ 468,9 mil, sendo R$ 200 mil do Ministério da Saúde e uma contrapartida de R$ 268,9 mil da Prefeitura.

A UBS fica na região do Capão Seco, num ponto estratégico para atender pelo menos 2.5 mil famílias de assentados do Jibóia, Alambari/Cut, Eldorado 2 , Estrela e João Batista. Também estão adiantadas as obras da Unidade Básica de Saúde no Conjunto Diva Nantes.

A Unidade Básica de Saúde terá 154,5 metros quadrados de área construída, com capacidade para uma equipe multidisciplinar do Programa de Saúde da Família (com médico, dentista, enfermeiro, auxiliar de enfermagem). O investimento previsto é de R$ 268 mil recursos do Ministério da Saúde com contrapartida da prefeitura.

Com R$ 450 mil, serão executadas obras de reforma e ampliação de quatro unidades básicas de saúde, três da área urbana (Cleide Piram no Jardim Santa Marta, Cascatinha e São Bento) e uma da zona rural (no Assentamento Capão Bonito I) de Sidrolândia.

Em cada unidade serão aplicados R$ 112,5 mil, sendo que na UBS Cleide Piram, está prevista a aplicação de mais R$ 50 mil. Esta verba adicional foi obtida por meio de emenda parlamentar do deputado Laerte Tetila, para compra de equipamentos.

Para a futura Unidade de Pronto Atendimento estão aprovados R$ 578 mil, primeira parcela dos R$ 1,4 milhão necessários para a UPS que terá 700 m².

O custeio mensal foi estimulado em R$ 100.000,00, pois deverá contar com atendimento de dois médicos plantonistas diariamente, no mínimo, plantão de raio x e serviço de gesso

Escolas Eldorado –

6 salas de aula –

Barra Nova e Eldorado sede – R$ 600 mil

Construção de 4 salas de aula no Quebra Coco –R$ 330 mil

Ceinf Santa Marta – R$1,8 milhão

CRAS Cascatinha – R$ 301 mil

UBS Alambari – R$ 431 mil

UBS Divas Nantes – R$ 363.058,00

Reforma de 4 Unidades Básicas de Saúde

R$ 448 mil

Cleide Piram no Jardim Santa Marta,

UBS Cascatinha

UBS e São Bento

no Assentamento Capão Bonito I

Centro de comercialização – R$ 450 mil

UPA - R$ 578 mil

Academia de Saúde Dona Diva – R$ 180 mi

CAPS- R$ 600 mil

Praça Morada da Serra – R$ 250 mil

Acesso ao Conjunto Altos da Figueira –

R$ 654.820,15 (acesso pela Rua João Regaço)

Construção de 56 casas – R$ 2.520.000,00

Financiamento de 4 mil computadores – –

R$ 1,4 milhão

Projeto Segundo tempo –

R$ 358 mil que atenderá 800 crianças

Vida Saudável – R$ 137 mil que atenderá 200 idosos

Total R$ 11.353.000,00