Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Delcídio viabiliza água para 5 comunidades quilombolas de MS

De acordo com o superintendente da Funasa, vão ser beneficiadas 188 famílias nos 5 municípios.

Assessoria

01 de Agosto de 2013 - 14:00

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) anunciou nesta quinta-feira, 1 de agosto, que a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) vai implantar rede de abastecimento d`água em 5 comunidades quilombolas de Mato Grosso do Sul : Boa Sorte, no município de Corguinho, São Miguel, em Maracaju, Família Quintino, em Pedro Gomes, Ourolândia, em Rio Negro e Ouro Branco, em Terenos.

“Essa conquista é fruto do trabalho da equipe do superintendente estadual , Pedro Teruel, e das gestões que fiz junto ao presidente Gilson Queiroz, em Brasília. A direção nacional da Funasa liberou R$ 1 milhão e 55 mil para que as obras comecem até o final do ano”, garantiu o senador.

Delcídio ressaltou a importância da chegada da água encanada às comunidades. “A partir da conclusão dos serviços , essas famílias do meio rural, que há anos são abastecidas por poços perfurados no fundo do quintal, vão ter acesso a água tratada, de boa qualidade. Isso significa mais saúde e melhor qualidade de vida”, avalia.

De acordo com o superintendente da Funasa, vão ser beneficiadas 188 famílias nos 5 municípios. “Com essa etapa estaremos atendendo quase 100 % das comunidades quilombolas do estado. Os recursos já estão na nossa conta. As licitações serão feitas agora em agosto e as obras devem ser concluídas no ano que vem”, explicou Teruel.

PAC-Funasa – O superintendente revelou que, na semana que vem, enviará para a direção nacional da Funasa os projetos pré-selecionados em Mato Grosso do Sul para receber recursos do Programa de Aceleração do Crescimento de Água e Esgoto, o PAC-FUNASA.

“Estamos finalizando a pré-análise aqui em Campo Grande mas a palavra final é da direção nacional, em Brasília, que decidirá em função do volume de recursos disponibilizados pelo governo. Recebemos este ano 78 projetos das prefeituras e do governo do estado e o objetivo é contemplar o maior número possível”, disse Teruel.