Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Delegada fala sobre protesto de presos em Delegacia de Sidrolândia

Franciane Trindade/ Região News

21 de Maio de 2011 - 10:54

Delegada fala sobre protesto de presos em Delegacia de Sidrolândia
Exclusivo: Delegada fala sobre protesto de presos em Delegacia de Sidrol - Foto: Marcos Tom

A delegada Titular da Delegacia de Policia Civil de Sidrolândia Dra Gabriela Stainle retornou de férias no dia 18 de maio, quando o clima era de tensão na cadeia publica do município, depois que os agentes descobriram um plano de fuga dos detentos.

Na terça-feira dia 17 trinta e três detentos se rebelaram por volta das 10 horas para cobrar mais tempo para o banho de sol e para visitas. Durante o banho de sol eles se juntaram e ao fim do período se recusaram a voltar às celas gritando palavras de ordem.

Na quarta-feira a delegada recebeu uma informação de que havia aparelhos celulares nas celas e os internos estavam agressivos, por motivo de segurança a mesma solicitou o apoia do Garras. Na quinta-feira de manhã equipes do GARRAS fizeram uma varredura na cadeia e localizaram dos celulares.

Após a retirada do Garras os detentos começaram a se rebelar, durante o almoço, os presos recusaram o almoço, quebraram um muro que separa a cela do banheiro e atiraram pedaços da construção no corredor da delegacia. A ideia dos encarcerados era acertar os investigadores que cuidam da segurança das celas.

Os protestos, segundo o vice-presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis) de Mato Grosso do Sul, Roberto Simão de Souza envolve um menor apreendido que está na delegacia.

Com o apoio da Policia Militar os Agentes policiais conseguiram conter os detentos. Já na manhã deste sábado o clima foi de calmaria na Delegacia de Policia Civil, a reportagem do Jornal Eletrônico Região News entrou em contato com a Delegada Dra Gabriela Stainle que concedeu uma entrevista a reportagem.

Região News: Qual o motivo dos internos estarem fazendo protestos e se rebelando na cadeia publica?

Dra Gabriela: Os últimos acontecimentos na delegacia já é de conhecimento de todos, eles querem mais banho de sol, pedem que seja permitida a entrada de alguns objetos que não são proibidos, e na delegacia existe uma norma na hora da visita, elas acontecem todas as sextas-feiras das 8h30min as 11h30min, mas se o visitante chegar atrasado não entra por motivos de segurança, nós avisamos todas as vezes que tem visita sobre o horário de entrada e saída e os internos querem que o atraso seja aceito, nesta sexta devido ao clima a visita foi cancelada por motivos de segurança.

Região News: Há dois menores detidos na Delegacia de Policia Civil, porque eles ainda não foram transferidos para uma UNEI?

Dra Gabriela: Nós já solicitamos a transferência dos mesmos, a Justiça não autorizou a transferência dos menores para Campo Grande por falta de vagas nas UNEIS da Capital. Eles ficam em celas separadas dos detentos, estamos aguardando que surja uma vaga para transferi-los.

Região News: O que esta sendo feito para conter essa situação na cadeia publica de Sidrolândia?

Dra Gabriela: Reforçamos o plantão com equipe de segurança, composta por investigadores da Polícia Civil e estamos recebendo o apoio da Policia Militar até que haja uma decisão da justiça, pedimos a transferência dos presos para um presidio e estamos aguardando essa decisão. O caso já foi informado a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) que já esta tomando providências.