Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 28 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Demanda em alta eleva em 72% valor da soja no Estado

A valorização é intensificada pelo aumento das exportações brasileiras em um ano em que o maior produtor do grão, os Estados Unidos, teve as lavouras assoladas pela seca.

Correio do Estado

10 de Dezembro de 2012 - 08:30

A demanda crescente faz o amarelo da soja brilhar como ouro. O valor da oleaginosa dispara em relação ao do ano passado, distanciando-se em até 72% no mercado de Mato Grosso do Sul – no fim da semana passada, o menor valor para a saca era de R$ 69 e, no mesmo período de 2011, era de R$ 41,70, conforme informações da Rural Business.

A valorização é intensificada pelo aumento das exportações brasileiras em um ano em que o maior produtor do grão, os Estados Unidos, teve as lavouras assoladas pela seca. Esse comportamento do mercado faz com que o brilho do grão de soja ofusque outras atividades, como a pecuária e, até mesmo, a cana-de-açúcar.

“Há muita gente deixando a pecuária e a cana e indo para a soja”, afirmou Tânia Tozzi, analista chefe da equipe de grãos da Rural Business. “É que a soja tem altíssima liquidez”, explica.

Essa liquidez se relaciona a um desiquilíbrio entre oferta e demanda: o mercado consumidor de soja é expressivo e, em sua maior parte, fala mandarim – os chineses importaram do Brasil, neste ano, 32 milhões de toneladas do grão.