Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Desconto em pagamento à vista é estratégia usada por 70% dos empresários

Estimular a compra em dinheiro é interessante para os empresários que pagam menos taxa, mas a opção é cada vez menos escolhida pelos clientes.

Campo Grande News

27 de Agosto de 2015 - 16:10

Dar desconto aos clientes para o pagamento à vista é uma pratica adotada por 70% dos empresários brasileiros das micro e pequenas empresas. Em Campo Grande, o percentual pode ser até maior segundo estimativa da CDL (Câmara de Dirigentes Logistas). Isso porque a estratégia é benéfica tanto para o cliente quanto o logista.

De acordo com o presidente da CDL/CG, Hermas Renana Rodrigues, diante do cenário econômico de vendas mais fracas, dar desconto nas vendas é uma forma de agradar o cliente e estimular o consumo, além de fazer caixa e girar o estoque de produtos. "Quase todos os empresários estão lançando mão desse recurso para impulsionar as vendas e quem não está usando deveria estar", destaca.

Pesquisa da CDL nacional mostra que sete em cada dez micro e pequenos empresários dos setores de comércio e de serviços, têm o costume de cobrar um valor mais baixo para quem opta pelo pagamento em dinheiro. Isso porque o valor dado de desconto seria o mesmo pago em taxas, caso o pagamento fosse com cartão de crédito.

Estimular a compra em dinheiro é interessante para os empresários que pagam menos taxa, mas a opção é cada vez menos escolhida pelos clientes. A pesquisa da CDL mostra que 39% preferem pagar com cartão de crédito, frente a 38,4% que ainda andam com dinheiro vivo. Diferente do que se imagina, só 3,6% optam pelo cartão de débito e 1,3% pelo crediário.

Os especialistas do SPC Brasil explicam que o surgimento de tecnologias mais baratas e o fim da exclusividade entre credenciadoras e bandeiras estimularam a concorrência no setor de cartões, a possibilidade de experimentarem as transações eletrônicas como forma de pagamento.

"Um dos grandes benefícios para as empresas que trabalham com cartões é a diminuição do risco da inadimplência, já que o pagamento é garantido pelos bancos. Como a tendência é que cada vez mais brasileiros tenham acesso aos cartões, aceitar esta modalidade de pagamento se transformou em investimento", diz o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

O levantamento mostra também que sete em cada dez (76,4%) micro e pequenos empresários oferecem aos seus clientes o parcelamento como opção de pagamento. Apenas 16,8% dos empresários entrevistados não aceitam financiamento na hora de fechar suas vendas, trabalhando apenas com o pagamento à vista.