Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Domingo é Dia Estadual de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual Infanto Juvenil

As denúncias em casos de suspeitas ou confirmação de pedofilia, exploração ou abuso sexual de crianças e adolescentes, podem ser realizadas pelo Disque Denúncia Nacional 100.

SETAS

05 de Outubro de 2013 - 08:00

O Comcex/MS (Comitê de Enfrentamento da Violência e Defesa dos Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes do MS), vinculado à Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) em alusão ao Dia 6 de outubro (Dia Estadual de Enfrentamento a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes) promove durante toda a semana mobilização de conscientização.

O objetivo é alertar a sociedade para a proteção de crianças e adolescentes. São várias ações e uma delas foi na última terça-feira (1º), onde aconteceu o inédito Concurso Estudantil de Paródia “Muitas Vozes contra a Violência”, no Centro Cultural Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, e foi um marco no combate à violência.

Para uma das organizadoras do concurso e coordenadora do Comcex/MS, Tania Regina Comerlato, foi uma satisfação muito grande a colaboração de parceiros e de ver escolas que vieram de municípios distantes, presentes no concurso. “É uma satisfação ver que escolas de municípios distantes não mediram esforços para participarem do concurso”.

Tania Comerlato destacou a luta por esse problema social que assola o País e o Estado. “Há 16 anos um coletivo de pessoas e organização de diversas áreas que compõem a rede de proteção à infância não tem medido esforços para enfrentar a violência e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Muitas ações foram realizadas: pesquisas, colóquios, estudos, mesas de conversações, capacitações, articulações de políticas públicas, mobilização de diversas campanhas para enfrentar esse problema. Após esforço coletivo deu-se início a formulação do concurso que é uma campanha preventiva, envolvendo educação, arte e cultura”, ressaltou a coordenadora.

Muitos parceiros estão presentes durante toda mobilização, e o Comcex conclama a população para que participem desse momento.

Denúncia

As denúncias em casos de suspeitas ou confirmação de pedofilia, exploração ou abuso sexual de crianças e adolescentes, podem ser realizadas pelo Disque Denúncia Nacional 100. As denúncias recebidas são repassadas para Polícia e ao Conselho Tutelar da região.