Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Dourados recebe investimento de R$ 12 milhões em obras

Os recursos foram garantidos por emendas parlamentares e serão liberados em ato marcado para às 8h, no Alphonsus Hotel.

Assessoria

17 de Dezembro de 2010 - 17:41

Convênios para drenagem e asfalto em vários bairros serão assinados pela prefeita, congressistas e representante do Ministério da Integração Nacional

Dourados vai receber na próxima segunda-feira, data de aniversário de 75 anos do município, investimentos de R$ 20 milhões em obras de drenagem e asfalto. Os recursos foram garantidos por emendas parlamentares e serão liberados em ato marcado para às 8h, no Alphonsus Hotel.

Assinam os convênios a prefeita Délia Razuk, o secretário de Desenvolvimento do Centro-Oeste do Ministério da Integração Nacional, Carlos Henrique Menezes Sobral, e integrantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul. Prefeitos de outras cidades da região também receberão recursos.

Será assinado o convênio para liberação de R$ 1,2 milhão, garantidos pelo deputado federal Marçal Filho (PMDB) para drenagem e pavimentação no Jardim das Palmeiras e Vila Nova Esperança.

No local será lançada a obra de pavimentação asfáltica da Vila Cachoeirinha, cujos recursos no valor de R$ 5 milhões foram garantidos através de emenda do deputado federal Geraldo Resende (PMDB).

Também serão lançadas as obras de drenagem de águas pluviais e pavimentação do Parque das Nações I. A verba de R$ 2,8 milhões foi garantida por emenda do senador Delcídio do Amaral (PT).

Outro convênio será assinado para a liberação de R$ 2,8 milhões para execução da pavimentação asfáltica na Vila São Brás, Canaã III, Jardim Guaicurus, Vila Vieira, Jardim das Oliveiras e adjacências, recursos liberados através de emenda de bancada.

Além da prefeita e do representante do Ministério da Integração Nacional, devem participar os deputados federais Marçal Filho, Geraldo Resende, Dagoberto Nogueira (PDT), Antonio Carlos Biffi, Vander Loubet (os dois do PT) e o senador Delcídio Amaral.