Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Dourados vai integrar Rede Amamenta Brasil

Pelo menos 780 profissionais da saúde de Dourados foram capacitados para a formação de supervisores que deverão fazer parte da Rede Amamenta Brasil

Redação de Noticia

23 de Abril de 2010 - 09:56

O programa do Ministério da Saúde que credencia unidades básicas de saúde para apoiar estratégias de promoção, proteção e apoio à prática do aleitamento materno.

Na semana passada, a gerente da saúde da criança e aleitamento materno do Estado, Fátima Scarcelle, esteve reunida com secretário de saúde de Dourados, Mário Eduardo Rocha, e com a coordenadora da saúde da Mulher, Criança e Adolescente, Cristiane Kruger, para a apresentação do programa nos Postos de Saúde de Dourados.

Na mesma semana, todas as unidades de saúde receberam capacitação para a formação dos supervisores. As Unidades do Jardim Maracanã, 4º Plano, Vila Hilda, Jóquei Clube, Parque das Nações II, Cachoeirinha, Jardim Cuiabazinho e Jardim Carisma deverão ser credenciadas pela Rede Amamenta Brasil nos próximos dias. Dourados e Corumbá são as primeiras cidades brasileiras a pedir credenciamento no programa.

Para Cristiane Kruger, as capacitações, assim como o credenciamento, têm grande importância para a saúde da criança. “Isso significa o fortalecimento do aleitamento materno. Nós estamos sensibilizando todas as unidades para realizarem este trabalho, repassando para a população o que significa a diminuição de incidentes com crianças”, disse a coordenadora.

Mário Eduardo Rocha garante que todos ganham com a Rede Amamenta Brasil. “Quem ganha com essa nova iniciativa é toda a família – a criança se mamar exclusivamente nos primeiros seis meses e for mantido o aleitamento materno por dois anos ou mais, a mulher por ter menos riscos de ter complicações após o parto, câncer de mama e ovários e de desenvolver diabetes, e a família. Quando a criança é alimentada no seio, a família economiza e seus laços afetivos são reforçados”, disse ele.

A Rede Amamenta Brasil é uma estratégia de promoção, proteção e apoio à prática do aleitamento materno na Atenção Básica, por meio de revisão e supervisão do processo de trabalho interdisciplinar nas unidades básicas de saúde, apoiada nos princípios da educação permanente em saúde, respeitando a visão de mundo dos profissionais e considerando as especificidades locais e regionais.