Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Durante feriadão, Delcídio e Takimoto anunciaram liberação de recursos para Sidrolândia

Essa emenda do Delcídio e de outros senadores foi rateada em mais de dez municípios, sendo que Sidrolândia vai receber apenas obras do PAC II que são recursos de infraestrutura

Cid Pinheiro - Assessor de Comunicação

13 de Outubro de 2015 - 09:27

O Senador Delcídio do Amaral fez muito barulho durante o feriado prolongado anunciando a liberação de emenda conjunta milionária para Sidrolândia e Maracaju. Segundo Planalto, dos R$ 2 milhões e 570 mil anunciados pelo Senador da República, R$ 642 mil são do Programa do Aceleramento do Crescimento, PAC II.

O Senador Delcidio, anunciou no último sábado (10), que o Governo Federal já empenhou o dinheiro. “Recebi agora de manhã a confirmação de que os empenhos foram feitos no início da noite desta sexta-feira (9). Portanto, não tem mais volta. É dinheiro garantido", concluiu o parlamentar. Essa emenda do Delcídio e de outros senadores foi rateada em mais de dez municípios, sendo que Sidrolândia vai receber apenas obras do PAC II que são recursos de infraestrutura para duas escolas e a construção de uma quadra de esportes, já Maracajú vai receber uma Patrulha Agrícola.

Quem também anunciou a liberação de emendas parlamentares para ajudar o município, foi o Deputado Estadual George Takimoto. A assessoria do parlamentar divulgou a liberação de R$ 165 mil para serem investidos nas áreas de Saúde, ou seja, para a compra de aparelhos e materiais médico-hospitalares de fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia, de implementação das salas de integração sensorial e de reabilitação motora, além de guinchos de piscinas adaptados a cadeirantes.

Takimoto destinou de fato para Sidrolândia, R$ 50 mil, de R$ 1 milhão liberado pelo Governador para os deputados atenderem os municípios, o restante dos R$ 165 mil, anunciados, R$ 115 mil, são dos Deputados Estaduais Lídio Lopes (R$ 20 mil), Cabo Almi (R$ 30 mil), João Grandão (R$ 25 mil), Mara Caseiro (R$ 20 mil) e Pedro Kemp (R$20 mil).