Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Em 8 meses, Câmara de Maracaju custou R$ 3 milhões; vereadores ficaram com R$ 1,1 milhão

O ranking dos que mais gastaram com viagens é liderando pelo presidente da Câmara, Edio Antônio Resende de Castro (PSDB).

Flávio Paes/Região News

02 de Setembro de 2013 - 10:38

Foto: Marcos Tomé/Região News

Em 8 meses, Câmara de Maracaju custou R$ 3 milhões; vereadores ficaram com R$ 1,1 milhão

Em Maracaju, município que tem a maior produção agrícola  de Mato Grosso do Sul, mas onde mais da metade dos 8.160 trabalhadores da iniciativa privada com carteira assinada ganham menos de R$ 1 mil, o dinheiro do contribuinte está garantindo  aos 13 vereadores um rendimento médio mensal de R$ 12 mil, entre subsídios, verbas indenizatórias, diárias e jetons.

Em oito meses a Câmara gastou mais de R$ 3 milhões, enquanto, por exemplo, para a assistência social do município, reservou-se 26% deste valor, R$ 809 mil. Em média, a estrutura legislativa custa aos cofres R$ 400 mil por mês. Os vereadores garantem uma renda bruta mensal de quase 17 salários mínimos.

Nada mal para quem só tem a obrigação de comparecer a uma sessão ordinária por semana, recebe R$ 1.503,00 no caso de reunião extra, tem as despesas de viagens oficiais pagas, além de dispor de telefone, internet, sala (gabinete) e 62 funcionários do Legislativo, dois exclusivos por gabinete.

Conforme mostram os números do balancete publicados no portal da transparência, de janeiro a agosto (ainda faltando computar a última quinzena do mês passado), a Câmara  custou ao contribuinte de Maracaju exatos R$ 3.098.722,92, (três milhões, noventa e oito mil, setecentos e vinte e dois reais e noventa e dois centavos) deste total, foram creditados na conta dos vereadores uma bolada de R$ 1.197.619,84, (hum milhão, cento e noventa e sete mil, seiscentos e dezenove reais e oitenta e quatro centavos).

O valor gasto só com os nobres edis é o equivalente a 38.6% do orçamento gasto até aqui. A parcela complementar de R$ 642.676,88, cobriu a folha de pagamento dos 65 servidores, além das despesas de custeio, gasto com publicidade, consultorias e outros.

De salário os vereadores recebem por mês R$ 6.012,70, soma-se a esta remuneração os jetons por participação em sessões extraordinárias (foram três até agora), as verbas indenizatórias (que cobrem uma série de gastos do vereador como gasolina, telefone, ações próprias do mandato) que variam entre R$ 3.500 e R$ 4 mil, por mês, além de diárias, de R$ 450,00 nos deslocamentos até Campo Grande, R$ 855,00 para fora do Estado, ressalvando-se que as passagens aéreas são por conta da casa, ou seja, do contribuinte.

O ranking dos que mais receberam da Câmara é liderado pelo vereador Antônio João Marçal de Souza, o Nenê de Vista Alegre, que em oito meses, teve creditado na sua conta bancária, R$ 96.545,92. Recebeu R$ 34.304,80 de verba indenizatória, além de R$ 9.630,00 em diárias.

O ranking dos que mais gastaram com viagens é liderado pelo presidente da Câmara, Edio Antônio Resende de Castro (PSDB), beneficiados com pagamentos no valor de R$ 96.173,32, uma média superior a R$ 12 mil  por mês. Neste período, que inclui o recesso de julho, Edio recebeu mais de R$ 10 mil em diárias.

O ilustre presidente daquela casa de leis, no uso de suas “atribuições legais” que o povo lhe facultou (palavreado costumeiramente utilizado pelas suas excelências), neste período viajou uma vez para fora do Estado, recebendo a polpuda quantia de R$ 1.710,00 de diária. Resta saber o que de fato se materializa em prol da sociedade quem de fato paga tais despesas. Acompanhe onde está sendo gasto o dinheiro do contribuinte.

1) Edio Antônio Resende - Presidente da Câmara

Diárias – R$ 10.260,00

Verba Indenizatória – R$ 33.272,20

Jeton de Sessão Extraordinária – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Total de recebimentos – R$ 96.173,32

2) Thiago Olegário Caminha

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Diárias – R$ 7.785,00

Verba Indenizatória – R$ 31.017,50

Total de recebimentos – R$ 91.413,62

3) Laudo Sorrilha

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Diárias-  R$ 7.875,00

Verba Indenizatória – R$ 32.927,94

Total de recebimentos -  R$  93.414,06

4) Robert   Gustavo Ziemmann

Jeton- R$  4.509,51

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Diárias – R$ 7.950,00

Verba Indenizatória –R$ 33.167,00

Total de recebimentos – R$ 93.728,12

5) Odair  Roberto

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Diárias  R$ 7.380,00

Verba Indenizatória – R$ 33.140,22

Total de recebimentos – R$ 93.131,34

6) João Gomes

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba Indenizatória – R$ 33.167,00

Diárias - R$ 9.360,00

Total de recebimentos =- R$ 95.138.12

7) Sebastião Arguelho

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória – R$ 33.077,07

Diárias – R$ 4.500,00

Total de recebimentos - R$ 90.188,19

8) Bruno Barros

Jeton - R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba  indenizatória – R$ 32.840,76

Diárias - R$ 6.660,00

Total de recebimentos -  R$ 92.111,88

9) Hélio Albarello

Jeton – R$ 4.509,52

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória –R$ 32.029,50

Diárias – R$ 3.600,00

Total de recebimentos – R$ 88.240,62

10)  Rodinei  da Silva (Nego Acamar)

Jeton – R$ 4.509,52

Diárias  - R$ 8.550,00

Salário – R$  48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória –R$ 33.133,23

Total de recebimentos – R$ 94.294,35

11) Ludimar Portela (Nego do Povo)

Jeton – R$ 4.509,52

Diárias- R$ 6.130,00

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória-  R$ 28.728,25

Total de recebimentos – R$ 87.469,37

12) Ilson Portela ( Catito)

Jeton – R$ 4.509,52

Diárias –R$ 4.455,00

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória – R$ 28.734,22

Total de Recebimentos – R$ 85.800,34

13) Nene de Vista Alegre (Antônio João Marçal de Souza)

Jeton – R$ 4.509,52

Diárias – R$ 9.630,0

Salário – R$ 48.101,60 (8 x R$ 6.012,70)

Verba indenizatória- R$ 34.304,80

Total de recebimentos - R$ 96.545.92

Totais de gastos

Salário - R$ 625.320,80

Jeton – R$ 58.623,76

Verba indenizatória – R$ 419.539.69

Diárias – R$ 94.135,00

Total pago aos vereadores em 8 meses - R$ 1.197.619,94