Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 26 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Em Deodápolis, população reclama da falta de atendimento com a greve dos bancários

Em todo o estado, Os bancários estão em greve desde a semana passada e a categoria pede reajuste de 11,93%, o que representa aumento real de 5% acima da inflação.

Impacto News

27 de Setembro de 2013 - 10:10

As agencias bancárias do município de Deodápolis aderiram a greve dos bancários desde a quinta (26/09). Nos locais, diversas pessoas reclamavam da falta de atendimento causada pela greve e que segundo diversos relatos impactara diretamente no cotidiano popular.

As opiniões divergem a respeito do assunto. “Os bancos faturam alto e não pagam os seus funcionários com dignidade. Tem que por em greve mesmo e cobrar dos bancos a responsabilidade que lhes é devida!” destacou um morador.

“Nós até entendemos que os bancários tem que cobrar, porem isso interfere diretamente na vida das famílias que dependem do banco para diversos serviços. Eu por exemplo, preciso trocar aqui um cheque e vou ter que esperar até a greve terminar e isso me causara problemas!” rebateu a Sr (a) Joana. A moradora disse não concordar com a paralisação total dos serviços da rede bancária.

Em todo o estado, Os bancários estão em greve desde a semana passada e a categoria pede reajuste de 11,93%, o que representa aumento real de 5% acima da inflação. Outro pedido é o fim das demissões e das metas abusivas e da terceirização. O mês de setembro é data-base para negociação salarial da categoria.