Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 6 de Maio de 2021

Sidrolandia

Em escola na zona rural, professor em sala aula à tarde e na segunda-feira

Segundo a professora Rosileide Lima da Silva, foi registrado em ata que haverá reposição destas aulas matutinas e a segunda-feira será um dia letivo normal.

Flávio Paes/Região News

11 de Novembro de 2016 - 14:39

Os professores das escolas municipais da zona rural não aderiram a paralisação convocada nesta sexta-feira por centrais sindicais para protestar contra projetos do Governo Temer. Na escola do Assentamento João Batista as atividades foram normais, enquanto na sede do Eldorado, as duas escolas (a municipal e a estadual, Paulo Firmo) a manifestação foi só no período da manhã.

Segundo a professora Rosileide Lima da Silva, que leciona para alunos do   4º ano  na Eldorado, foi registrado em ata que haverá reposição destas aulas do período matutino e a segunda-feira será um dia letivo normal, embora o governador Reinaldo Azambuja e o prefeito Ari Basso, tenham decretado ponto facultativo e não haverá expediente nas repartições públicas.

Com isto, ela deixa claro que o magistério não decidiu aderir à manifestação com o congelamento de gastos com educação e saúde, apenas para ter mais uma semana do saco cheio, mas para “garantir recursos e a qualidade do ensino público”.