Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Em MS, 11 cursos tiveram a pior nota no Enade, mas 8 tiraram a máxima

A prova foi aplicada pelo Ministério da Educação no ano passado em universidades particulares e públicas

Campo Grande News

08 de Outubro de 2013 - 11:00

Dos 117 cursos avaliados pelo Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) em Mato Grosso do Sul, 11 tiveram a nota 1 – considerada a mais baixa em uma escala com notas até 5. Para ser considerada nota boa, o curso deve ter nota 3 em diante. No entanto, oito cursos obtiveram a nota máxima.

A prova foi aplicada pelo Ministério da Educação no ano passado em universidades particulares e públicas. As instituições públicas foram as que conseguiram as melhoras notas, conforme o relatório.

Como, por exemplo, o curso de administração na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Três Lagoas, e Direito da UFMS de Campo Grande, que tiveram a nota 5. Os cursos de Direito e Ciência Contábeis da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), em Dourados, também foram bem colocados com a nota máxima.

Faz parte também dos melhores colocados os cursos de Direito da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, em Naviraí, Ciências Contábeis da Faculdade Magusul, em Ponta Porã, Tecnologia em Logística da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e Publicidade e Propaganda da Unigran (Centro Universitário da Grande Dourados.

Os cursos avaliados no Estado foram: Administração, Direito, Psicologia, Ciências Contábeis, Jornalismo, Publicidade, Turismo, Secretariado Executivo, Relações Internacionais, Tecnologia em Marketing, Tecnologia em Processamento Gerenciais, Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, Tecnologia em Gestão Financeira, Publicidade e Propaganda, Design, Secretariado Executivo e Tecnologia em Logística.