Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 27 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Em MS, volume de embalagens de defensivos recolhidas cresce 8%

No Brasil, conforme o instituto, o percentual de crescimento foi o mesmo do estado, 8%. A quantidade passou de 37.379 toneladas para 40.404 toneladas.

Agrodebate

29 de Janeiro de 2014 - 15:00

Cresceu em 8% o volume de embalagens de defensivos agrícolas recolhidas em Mato Grosso do Sul em 2013 frente a 2012, passando de 2.440 toneladas para 2.646 toneladas, conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev). No Brasil, conforme o instituto, o percentual de crescimento foi o mesmo do estado, 8%. A quantidade passou de 37.379 toneladas para 40.404 toneladas.

O coordenador regional de operações do instituto em Mato Grosso do Sul, Hamilton Rondon, diz que ano a ano o sistema Campo Limpo, de recolhimento de recipientes de agrotóxicos apresentada resultados cada vez mais positivos.

Ele destaca ainda que os agricultores do estado têm tido um papel importante no crescimento do recolhimento e vêm contribuindo de maneira muito positiva com o trabalho.

De acordo com o Inpev, 95% das embalagens vazias de defensivos agrícolas colocadas no mercado podem ser recicladas, desde que após o uso dos produtos que contém elas passem pela lavagem correta (tríplice lavagem). Os recipientes que não passaram pela tríplice lavagem e ainda os que não são laváveis, são incinerados.