Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 4 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Em quatro meses, MS ganhou 2,5 mil empresas

Em 2010, nos primeiros quatro meses do ano haviam sido criados 2549 novos empreendimentos no Estado.

Diario MS

05 de Maio de 2011 - 08:41

Mato Grosso do Sul fechou o primeiro quadrimestre de 2011 com a constituição de 2505 novas empresas. O número representa uma pequena queda de 1,6% na abertura de empresas, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2010, nos primeiros quatro meses do ano haviam sido criados 2549 novos empreendimentos no Estado. Os dados são do levantamento mais recente da Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul).

Apenas em abril foram constituídas 573 empresas no Estado. O número mostra um crescimento de 1,4%, se comparado com o mesmo período de 2010, quando foram criadas 566 empresas.

Segundo levantamento da Jucems, a maior parte das empresas ativas está em Campo Grande (50.797). Em seguida estão os municípios de Dourados com 9.620, Três Lagoas com 4.961 e Corumbá com 3.866. Em todo o Estado são 121.345 empresas ativas.

O número de filiais constituídas em abril também cresceu 25%, com a criação de 110 empresas, em comparação com o mesmo período do ano passado. No primeiro quadrimestre foram constituídas 456 filiais em MS, conforme levantamento divulgado pela Jucems.

Nos quatro primeiros meses do ano foram registradas ainda 4.036 alterações. O número mostra um crescimento de 24,8% nas alterações, em relação às feitas no mesmo período de 2010. Até abril de 2011 apenas uma empresa decretou falência no Estado. Mesmo assim 710 foram extintas.

Quanto ao número de Empreendedores Individuais em Mato Grosso do Sul, até o último dia do ano passado foram 15.200 inscrições. A maior parte está concentrada na capital (8.819), seguida de Dourados (839), Três Lagoas (439) e Corumbá (418).


De acordo com levantamento da Jucems, o ano de 2010 fechou com 7.364 novas empresas em Mato Grosso do Sul. O número é menor do que o registrado em 2009 (7.793) e 2008 (7.528) e maior do que os oito anos anteriores.