Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Em Sidrolândia mais de 520 grávidas ainda não tomaram a vacina contra gripe

Flávio Paes/Região News

20 de Maio de 2011 - 09:11

No último dia da campanha nacional e vacinação contra gripe (prorrogada em uma semana), Sidrolândia atinge uma cobertura vacinal de 80,65%, superior a estadual, que chegou a 75,69%.

O último levantamento apurado no Datasus (sistema de totalização do Ministério da Saúde) mostra que as gestantes, entre o  público-alvo da campanha, ainda são as mais resistentes a imunização.

Em Sidrolândia 523 grávidas ainda não compareceram aos postos de vacinação, o que resulta num nível de cobertura de 36,84%, das 828 doses previstas, só 305 foram aplicadas.

O resultado reflete uma tendência de todo o Estado, já que em Mato Grosso do Sul, até agora 44% das grávidas se vacinaram (17.226, num universo de 40.276). O pior resultado, em termos proporcionais, neste grupo, é o de Bataiporã, onde só 19% das gestantes se vacinaram (36, quando a meta é 182). Cidades de maior porte, com  100 mil habitantes, como Corumbá, só atingiram 28,29% da meta (576 doses aplicadas, em 2.036 previstas).

No geral o resultado da vacinação em Sidrolândia supera a meta de 80%. Até ontem haviam sido vacinadas  5.477 pessoas, para uma meta de 6.791 doses aplicadas. Entre os idosos, 88,36% já se vacinaram: 2.658, numa população de 3.008.

No caso das crianças com mais de seis meses e menos de dois anos, 89,99% receberam a vacina (801 num universo de 989); entre os indígenas, 83,76 receberam a vacina (1.233 em 1.472 previstos), e praticamente todos os trabalhadores em saúde se vacinaram 97,17%: 480 em 494 previstos.

No balanço estadual a campanha já vacinou 319.250 pessoas, 75,69% dos 421.901 previstos em Mato Grosso do Sul.