Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 23 de Julho de 2021

Sidrolandia

Empregadas domésticas são cada vez mais raras em Três Lagoas

Segundo o levantamento, as funcionárias do lar migraram para o comércio, fábricas de confecções, entre outras indústrias

Jornal do Povo de Três Lagoas

05 de Março de 2011 - 10:37

Com a expansão do mercado de trabalho formal no país, inclusive em Três Lagoas, que tem sido gerada pela instalação de novas indústrias e estabelecimentos comerciais, vários municípios do Brasil vêm enfrentando nos últimos anos a migração das empregadas domésticas para outros setores. Elas buscam melhores salários e carga de trabalho moderada.

Pesquisa recente divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatísticas de Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontou que existem muitas vagas no mercado para as empregadas domésticas com qualificação.

Segundo o levantamento, as funcionárias do lar migraram para o comércio, fábricas de confecções, entre outras indústrias.

Um dos fatores apontados pelo departamento de pesquisa para essa migração é a baixa remuneração, assim como a carga de horário prolongada.