Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Empreiteira inicia construção do Residencial Altos da Figueira na região do Santa Marta

O projeto habitacional está orçado em R$ 3.956.867,46, além de R$ 654 mil do acesso ao conjunto, com o prolongamento da Rua João Regasso.

Franciane Trindade/Região News

17 de Julho de 2013 - 15:54

Foto: Marcos Tomé/Região News

Empreiteira inicia construção do Residencial Altos da Figueira na região do Santa Marta

 A empreiteira Conseleg iniciou a construção das 56 casas na região do Bairro Santa Marta, o Residencial Altos da Figueira, destinadas ao reassentamento de famílias que moram em áreas de risco nos bairros Pé de Cedro e região das Malvinas no São Bento que devem ficar prontas dentro de um ano.

O projeto habitacional está orçado em R$ 3.956.867,46, além de R$ 654 mil do acesso ao conjunto, com o prolongamento da Rua João Regasso. As casas de 40 metros quadrados custarão R$ 66.745,81, incluindo infraestrutura (asfalto, drenagem e iluminação).

Deste valor, o Governo Federal participa com R$ 56 mil, o Estado entra com R$ 4.464,28 e a Prefeitura complementa com R$ 6.281,53 (9,41% do total), R$ 4.951,83 do terreno e R$ 1.329,70, para a construção das moradias.  As obras de pavimentação e drenagem do acesso custarão R$ 287 mil de recursos próprios.


 O início das obras encerra uma etapa do projeto que foi iniciado em 2011, quando foi desapropriada a primeira área para onde foi planejado inicialmente (no Loteamento Tupanciretã). Em junho do ano passado, foi adquirido o terreno no Bairro Altos da Figueira, onde as casas estão sendo construídas.