Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 2 de Março de 2021

Sidrolandia

Empresário de MS é chamado de malandro em fatura de empresa telefônica

O empresário revela que desde janeiro, quando, após ligação de consultor da Vivo, mudou do para o plano Vivo Controle, a fatura vem errada

Midiamax

02 de Outubro de 2014 - 14:52

Um empresário de Mato Grosso do Sul, que não quis se identificar, foi chamado de malandro em fatura de empresa telefônica. Ele recebeu nesta quarta-feira (1°) a fatura de setembro da Vivo, que vem em nome de sua empresa, com “do malandro” em seguida.

“Foi o estopim para mim, não bastasse às faturas que estão vindo erradas todo mês. Esse é o respeito que eles têm com o cliente”, ironiza.

O empresário revela que desde janeiro, quando, após ligação de consultor da Vivo, mudou do para o plano Vivo Controle, a fatura vem errada. “Toda fatura vem cobrando a mais. Tinham me oferecido um plano para eu gastar menos que eu gastava. Mas tenho que ficar indo atrás até eles corrigirem”, conta.

O cliente diz que já procurou todos os meios. “A Vivo eu nunca consegui falar, mas relatei à Anatel e ao Procon, e mesmo assim o erro persiste”.

Outro lado

A Vivo declarou que o nome da empresa já foi corrigido no sistema e prometeu apuração mais detalhada sobre o ocorrido para identificar a causa do problema.

A empresa ainda frisou que cumpre estritamente as normas legais do direito do consumidor e demais regulamentos da Anatel quanto à prestação regular de seus serviços de telefonia.

Otário chorão

Não é o primeiro caso de desrespeito em nome de fatura de empresa telefônica em Mato Grosso do Sul. No ano passado, o empresário César de Medeiros, cliente da Claro TV, pediu desconto no plano que assinava e recebeu fatura com o nome de “Otário Chorão”.

O caso teve grande repercussão nacional e depois de investigação, a empresa demitiu dois funcionários, alegando que eram responsáveis pelo inconveniente.