Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Sidrolandia

Empresário diversifica investimentos e vai aplicar R$ 1 milhão para viabilizar instalação de universidade

Pavei prevê investir cerca de R$ 1 milhão na obra que deve ser concluída até o inicio de 2014.

Marcos Tomé/Região News

01 de Setembro de 2013 - 19:38

Foto: Marcos Tomé/Região News

Empresário diversifica investimentos e vai aplicar R$ 1 milhão para viabilizar instalação de universidade

Dalto Pavei durante visita ao prédio onde será instalada a universidade acompanhado de engenheira, arquiteta e do secretário de Desenvolvimento Di Cesar.

Motivado por um antigo sonho de transformar a cidade de Sidrolândia num polo acadêmico, capaz de atrair universitários de toda região, o empresário Dalto Pavei (que atua em vários setores do comércio) resolveu mergulhar de cabeça neste projeto assumindo com a Comunidade Evangélica Batista de Maranguape (CE) contrato de risco que vai tornar realidade a instalação da Faculdade Kurios (FAK) em Sidrolândia.

Aos 50 anos de idade, de perfil empresarial invejável e aguçado faro empreendedor, Pavei vai diversificar novamente seus negócios. O empresário, que deixou de ser entregador de jornal nas ruas da capital para se tornar um dos mais bem sucedidos comerciantes de Sidrolândia, encara agora um novo desafio; de tornar viável o empreendimento.

Parceria

Inicialmente a Faculdade Kurios vai funcionar numa área de 7.020 m² as margens da rodovia BR-060 próximo ao complexo industrial da Tip-Top onde funcionava a fábrica de doces PITU. O prédio, que pertence ao empresário desde 2010, tem 1.400 m², será totalmente readequado para abrigar 16 salas de aulas com capacidade para 40 alunos cada, além de toda infraestrutura exigidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Pavei prevê investir cerca de R$ 1 milhão na obra que deve ser concluída até o inicio de 2014. Ele garante que a extensão da universidade em Sidrolândia é hoje uma realidade, deve entrar em funcionamento no segundo semestre do próximo ano e terá capacidade física para abrigar cerca de 1920 alunos.

Apesar de assumir os investimentos iniciais, após conclusão das obras, o prefeito Ari Basso se comprometeu em firmar contrato de locação imobiliário por 24 meses. Ou seja, as despesas dos primeiros dois anos de atividades da universidade serão pagas pela prefeitura ao empresário que só depois de vencida esta etapa, assumira participação societária com a Comunidade Evangélica Batista do Ceara.

Empresário diversifica investimentos e vai aplicar R$ 1 milhão para viabilizar instalação de universidade“Foi à única forma de viabilizarmos este projeto”, conta. Em sua avaliação, caso não houvesse este entendimento entre o setor público e privado, dificilmente a universidade se instalaria no município. “É uma aposta. Nós que moramos aqui e queremos que a cidade se desenvolva, temos que acreditar”, ressalta.

A partir de 2014 devem ser oferecidos cursos de graduação em Licenciatura em Letras, Administração, Serviço Social, Licenciatura em Pedagogia, Bacharelado em Teologia, Ciências Contábeis e Direito. A FAK, com sede no Estado do Ceará, oferece além dos cursos de graduação, 42 cursos de Pós-graduação e cursos de extensão. O corpo docente é composto por Professores Mestres e Doutores.