Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Empresário e parente morreram em queda de avião em Porto Murtinho

Segundo informação do escritório, ele e Geraldo são parentes e voltavam do Paraguai, onde passaram uma semana.

Campo Grande News

19 de Julho de 2013 - 16:54

O produtor rural Guilherme Coimbra Prata, 50 anos, e Geraldo Ribeiro, em torno de 50 anos, morreram, na manhã de hoje, na queda de uma aeronave na região da Serra de Bodoquena, em Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande. Eles voltavam do Paraguai, segundo informação de funcionários do escritório Prata Agropecuária, em Presidente Prudente (SP).

Segundo informação do escritório, ele e Geraldo são parentes e voltavam do Paraguai, onde passaram uma semana. Os dois saíram de Porto Murtinho e voltavam para Presidente Prudente.

Familiares de Prata já estão em Porto Murtinho para agilizar a documentação e tomar as providências para o translado dos corpos para a cidade paulista.  O acidente aconteceu na Fazenda Mestiça. O avião Bonanza A36, prefixo PRKEK, que era pilotado por Guilherme Coimbra Prata, caiu na região da Serra de Bodoquena. Uma das causas do acidente por ter sido o mau tempo na região.

Uma equipe de Bonito está no local do acidente. A Força Aérea de Brasília também enviou uma equipe ao local para investigar as causas do acidente.

Prata é produtor rural e empresário em Presidente Prudente.