Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Enem começa neste sábado para 147,8 mil estudantes de MS

Amanhã (4) serão 5h30 para questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias.

Campo Grande News

03 de Novembro de 2012 - 09:31

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) começa neste sábado em todo País. Em Mato Grosso do Sul, são 147,8 mil inscritos para fazer a prova, utilizada para ingresso em universidades publicas e pré-requisito para acesso ao Fies e ProUni.

Os portões serão abertos às 11h e fechados ao meio-dia (horário de MS). Hoje, primeiro dia de prova, os estudantes terão 4h30 para responder questões sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Amanhã (4) serão 5h30 para questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias.

O candidato deve apresentar seu cartão de confirmação, obrigatório para a realização da prova, assim como documento oficial com foto. A confirmação contém as informações pessoais, o número da inscrição, data, hora e local onde o candidato fará a prova.

O gabarito do Exame será divulgado no dia 7 de novembro e o resultado, no dia 28 de novembro.

Custo – Neste ano, o Enem, que será aplicado para 5,7 milhões de estudantes no País, vai custar R$ 266,3 milhões ao Governo Federal. O custo por aluno é de R$ 46, de acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).

Conforme reportagem da Agência Brasil, em 2011, o custo chegou a R$ 45 por aluno, e o valor total investido para a prova foi de R$ 238,5 milhões. Os investimentos são referentes ao reforço da segurança para evitar fraudes e melhorias na prova.

Segurança – Em Mato Grosso do Sul, a Polícia Militar terá esquema especial para garantir a segurança durante a realização do Enem. Serão 1,2 mil homens trabalhando em 40 municípios; 630 apenas em Campo Grande.

Em todo País, o esquema em torno da realização das provas envolve 560 mil pessoas, sendo 19 mil policiais.