Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Sidrolandia

Escolas Sidrônio e Pedro Aleixo encerram programa Agrinho 2015

A premiação foi marcada pela emoção e alegria dos vencedores do concurso e com a expectativa para o próximo ano.

Cid Pinheiro - Assessor de Comunicação

27 de Novembro de 2015 - 10:27

A secretária de Educação, Sonia Dal Pas, representando o prefeito Ari Basso, acompanhou a delegação de Sidrolândia que participou do encerramento do Programa Agrinho 2015. O evento reuniu mais de 400 pessoas na manhã desta quinta-feira (26), no Yotedi - Parque das Nações Indígenas em Campo Grande.

Sidrolândia foi destaque com duas alunas da escola municipal Pedro Aleixo, Mayssa de Almeida Marques, que ficou em 3º Lugar no contexto Redação 8º Ano. A aluna Camila Vitória da Rosa Turczinski foi a 2ª Colocada com a Redação do 9º Ano. A Escola Estadual Sidrônio Antunes de Andrade ficou com o titulo de Escola Agrinho na Categoria Relator e a vencedora foi a Professora Márcia Maria Garcia de Souza Bordignon.

A festa de encerramento do Programa serviu para premiar Escolas, Professores e Alunos vencedoras do concurso promovido pelo Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS e pelo Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Foram avaliados desenhos, redações e experiências pedagógicas que trabalharam o tema da conexão entre campo e cidade. A premiação foi marcada pela emoção e alegria dos vencedores do concurso e com a expectativa para o próximo ano.

No segundo ano de funcionamento, o Agrinho contou com a participação de 20 municípios, mais de 170 escolas e 60 mil estudantes do 1º ao 9º ano. Do total de 720 trabalhos inscritos, 63 foram selecionados e os três primeiros colocados em quatro categorias foram premiados com bicicletas, notebooks, videogames (Xbox), smartphones, tablets, televisões em LCD, e vale-viagens no valor de R$ 10 mil.

Segundo o presidente da Famasul, Mauricio Saito, o programa desenvolvido na rede pública de ensino do Estado permite que a sociedade possa entender o trabalho realizado pelo produtor rural no cotidiano. “A federação e o Senar/MS acreditaram na proposta do Agrinho por entender a importância do conhecimento para a efetiva transformação da sociedade. Com uma proposta pedagógica reflexiva, o programa está compartilhando conhecimento em todos os setores de nossa sociedade. A estimativa para o próximo ano é ultrapassar 35 municípios”, pontuou.

O superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, parabenizou o empenho de todos os envolvidos em desenvolver o programa com dedicação e criatividade. “Todos vocês são vencedores e quero agradecer por acreditaram no diferencial do Agrinho desde o início. Este trabalho é especial porque conta com a presença de crianças, que nos ensinam além de aprender”, reforçou.  

Compareceu ao evento, o secretário de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Fernando Lamas; a secretária de Estado  de  Educação, Maria Cecília Amendôla da Mota; o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery; a conselheira do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, Marisa Serrano e o vice-presidente do Sistema Famasul, Nilton Pickler.

A coordenadora do Agrinho em Mato Grosso do Sul, Sandra Serrano, lembrou o comprometimento e animação dos professores e alunos, principalmente após a regionalização do material didático e já anunciou reforço dos municípios participantes. “Com apoio e parceria de uma equipe de especialistas em arte, cultura e educação adequamos alguns temas para a realidade de Mato Grosso do Sul e o resultado foi muito positivo. O reflexo imediato foi verificado no número de trabalhos inscritos, 720 no total. Além disso, já estão confirmadas a participação de mais 15 cidades, no início do próximo ano letivo”, concluiu.

A Escola Municipal Álvaro Lopes, do município de Terenos repetiu a atuação do ano passado e se sagrou Bi-Campeã do Agrinho, a escola é dirigida pela professora Rosemeire Alves Kurose, e relatou a satisfação de participar como finalista da premiação, pelo segundo ano consecutivo. “É motivo de muito orgulho e emoção estar novamente entre os vencedores e acredito que estamos crescendo junto com o Agrinho. Este ano tivemos 45 professores e 850 alunos focados em desenvolver um trabalho diferenciado. A escola literalmente viveu e respirou Agrinho nos últimos dois meses”, revela emocionada a educadora. A escola obteve o primeiro lugar também em 2015 e recebeu um vale viagem no valor de R$ 10 mil.

A secretária de educação do município de Sidrolândia, Sonia Dal Pas elogiou o Programa Agrinho, parabenizou as escolas Sidrônio Antunes de Andrade e Pedro Aleixo pelas conquistas e reafirmou a parceria para o próximo ano.