Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 28 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Esporte executa limpeza e recupera área de lazer do Cascatinha

Estas reivindicações, constatadas por técnicos da prefeitura, estão sendo atendidas na medida em que os serviços avançam.

Marcos Tomé/Região News

28 de Janeiro de 2014 - 13:19

Foto: Marcos Tomé/Região News

Esporte intensifica trabalhos de limpeza e recuperação de área de lazer no Cascatinha

Mesmo com quadro de pessoal da manutenção reduzido em 40%, a Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer tem se esforçado ao máximo para atender os reclames da população. Um bom exemplo é a área de lazer do Bairro Cascatinha que há meses estava sem manutenção. Desde ontem (27/01) uma equipe de seis servidores trabalham na recuperação da Poliesportiva do Bairro.

Os trabalhos estão sendo executados em conjunto com a Secretaria de Habitação e Serviços Públicos. No ultimo dia 17 o secretário Antônio Galdino fez vistoria no complexo esportivo. Os moradores reclamavam da falta de manutenção do playground, limpeza, roçada do gramado. Até cupim se instalou no campo de futebol, além do sucateamento da academia a céu a aberto.

Estas reivindicações, constatadas por técnicos da prefeitura, estão sendo atendidas na medida em que os serviços avançam. O secretário de Esportes, Cleyton Ortega, acompanhou a execução dos trabalhos de limpeza. Á pedido de moradores nossa reportagem também esteve no local e durante contato com o secretario, alegou insuficiência de mão de obra para atender a demanda das 7 áreas de lazer exististes no município, incluindo Ginásio de Esportes e Estádio.

“Tínhamos 10 servidores que fazia a manutenção das praças e poliesportivos, número reduzi para 6. Ou seja, estamos nos desdobrando para atender a população. O momento não é fácil. Atravessamos um fase de enxugamento nas finanças da prefeitura e obviamente, todos os setores estão trabalhando com um contingente reduzido”, alega.

Ortega fez questão de pedir ajuda dos moradores “que denuncie casos de vândalos, má uso do bem público, porque a economia gerada na recuperação desses equipamentos, certamente será utilizada em benfeitorias para os próprios moradores”, aconselha.

A dona de casa Cleonir de Souza Silva, de 26 anos, ficou animada ao ver o “Mutirão do Esporte” trabalhado a todo vapor na manhã de hoje. Ela espera que além de roçar e capinar, a Secretaria também recupere o playground danificado. Peças foram quebradas e os pregos podem machucar as crianças.  

Por precaução, Cleonir não deixava o filho brincar no poliesportivo. Tinha medo que aparecessem cobras em meio ao matagal que crescia viçoso e de acabar machucando os pés no playground. “Tem muito prego solto, é muito grande o risco de alguma criança machucar o pé”, argumenta.