Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 3 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Estado investe R$ 404 mil e moderniza bibliotecas públicas do interior

Calheiros afirma, ainda, que esta administração já entregou 180 mil exemplares para diversos municípios do Estado.

Notícias MS

24 de Março de 2014 - 14:30

Com o objetivo de incentivar a leitura e ampliar o conhecimento dos cidadãos sul-mato-grossenses, principalmente daqueles em idade escolar, o governador André Puccinelli (PMDB), através da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), entregou nesta segunda-feira (24) 12,4 mil livros para bibliotecas públicas de dez municípios do Estado.

Os investimentos totalizaram R$ 404 mil, sendo R$ 200 mil provenientes do cofre do Estado, R$ 204 mil do FIC (Fundo de Investimentos Culturais) e R$ 40 mil advindos de parceria firmada com a Fundação Biblioteca Nacional.

O projeto de Modernização de Bibliotecas de Mato Grosso do Sul vai entregar 1.240 livros para cada biblioteca, fazendo com que os municípios contem com acervo atualizado e livros em perfeitas condições de leitura para atender a demanda da população.

“Sabemos o quanto progridem as crianças quando fazemos investimentos em leitura. Temos que proporcionar às crianças a oportunidade de serem melhores cidadãos e este é um importante trabalho no intuito de incentivar a leitura, desenvolvido pela Fundação de Cultura”, destacou o governador André Puccinelli (PMNDB), ao comentar que, paralelamente à cultura, o Estado é o que mais investe proporcionalmente em educação no País.  

Além da aquisição de livros para a modernização do acervo público, o Projeto investe na reforma das bibliotecas e na capacitação de recursos humanos, possibilitando a padronização dos seus serviços para beneficiar o maior número de leitores em cada município.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação de Cultura, Américo Calheiros, o principal objetivo da ação é fazer com que se amplie o acesso da população à leitura, em todo Mato Grosso do Sul. Calheiros afirma, ainda, que esta administração já entregou 180 mil exemplares para diversos municípios do Estado.

“Queremos encerrar o ano tendo entregado 200 mil livros às bibliotecas e isso faz com que a população se incentive a buscar a leitura. Os cidadãos, tendo mais livros à disposição, aumentam o conhecimento e melhoram o nível cultural, pois um livro jamais cairá de moda e é a porta para o saber”, destacou.

O prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, afirma que um dos grandes benefícios deste projeto é que os municípios do interior do Estado passam a dar maior atenção à questão da cultura e que é de responsabilidade dos gestores públicos incentivar e investir em conhecimento.

“Isso chama a atenção dos municípios para a importância da leitura e é nosso dever recriar o hábito de ler na população. Por isso, essa parceria com o governo do Estado é fundamental para que este fomento aconteça”.

“O livro é uma excelente fonte de saber. Com a leitura, as pessoas crescem e desenvolvem todas as áreas de conhecimento. Só há benefícios”, disse a representante da Fundação Biblioteca Nacional, Rosa Murga, ao elogiar a política adotada por Mato Grosso do Sul em modernizar as bibliotecas públicas.

Foram contempladas as bibliotecas públicas municipais de Anastácio, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bodoquena, Costa Rica, Jardim, Naviraí, Nioaque, Nova Andradina e Três Lagoas.