Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Ex-namorado é indiciado pelo assassinato de Mércia Nakashima

Na segunda-feira, diretor do DHPP e Antonio Olim, responsável pela investigação, afirmaram em entrevista coletiva que Evandro e Mizael são os autores do assassinato de advogada

G1

14 de Julho de 2010 - 16:38

 O policial aposentado Mizael Bispo dos Santos foi indiciado nesta quarta-feira, 14, pelo assassinato de sua ex-namorada, a advogada Mércia Nakashima, informou o delegado responsável pelas investigações, Antonio Olim, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Na terça-feira, 13, o advogado Samir Haddad Junior, que defende o acusado, entrou com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). "É como um jogo, a gente pode perder ou ganhar", disse ele, que também reafirmou que seu cliente não deve se entregar nos próximos dias, pois considera a prisão arbitrária e sem fundamentação. Para Samir, a polícia não tem uma prova concreta do envolvimento de seu cliente no crime. Segundo a assessoria do Tribunal, o pedido não tinha sido julgado até às 16h30 desta quarta-feira.

Na segunda-feira, porém, Marco Antonio Desgualdo, diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e o delegado Olim, afirmaram em entrevista coletiva que Evandro e Mizael são os autores do assassinato de Mércia Nakashima, encontrada em uma represa de Nazaré Paulista, no interior de São Paulo. Segundo o diretor, "foi um crime bárbaro, premeditado."