Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Ex-prefeito de Campo Grande é exonerado de secretaria estadual

Na terça-feira (1º), foi publicada a demissão do titular da Secretaria Estadual Extraordinária da Juventude, Herculano Borges Daniel (PSC), após pedido

G1 MS

02 de Abril de 2014 - 09:40

O ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), foi exonerado do cargo de secretário estadual de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios de Mato Grosso do Sul. Decreto com a demissão do peemedebista após pedido foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (2).

Trad Filho chefiava a pasta do primeiro escalão do governo sul-mato-grossense desde 24 de abril de 2013. Antes disso, em 4 de janeiro do mesmo ano, o ex-prefeito havia sido nomeado para o cargo de especialista do serviço de saúde no Executivo, atuando na execução de ações de auditoria e perícia médica.

A imprensa oficial de Mato Grosso do Sul também trouxe a exoneração do diretor-presidente da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), José Carlos Barbosa, nesta quarta-feira (2).

Na terça-feira (1º), foi publicada a demissão do titular da Secretaria Estadual Extraordinária da Juventude, Herculano Borges Daniel (PSC), após pedido. Com isso, o político retornou para a vaga de vereador na Câmara Municipal de Campo Grande.

Segundo a Justiça Eleitoral, os secretários estaduais ou municipais, membros do Ministério Público, prefeitos, vice-prefeitos e governadores devem deixar as funções seis meses antes das eleições caso pretendam disputar algum cargo eletivo. No caso de 2014, o prazo acaba em 8 de abril.