Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Excesso de chuva poderá contabilizar prejuízo histórico a produtores de Sidrolândia

Outra preocupação dos produtores é com a plantação do milho safrinha que também poderá ser comprometida

Marcos Tomé/Região News

06 de Março de 2011 - 18:10

Excesso de chuva poderá contabilizar prejuízo histórico a produtores de Sidrolândia
Excesso de chuva poder - Foto: Marcos Tom

O excesso de chuva que tem caído nos últimos dias em Sidrolândia já preocupa produtores que amargam prejuízos com a safra 2010/2011. Estima-se que em media apenas 20% da produção foi colhida, um resultado catastrófico devido ao período chuvoso que não da trégua e com isso, mais de 60% das lavouras são estão condenadas.

As plantações de soja que estão prontas para a colheita, estão brotando novamente e prejuízos poderão ser desastrosos. O excesso de chuva prejudica também o setor de avicultura. A Seara Marfrig, já encontra dificuldades para transportar ração até os aviários por conta das estradas que estão intransitáveis.

O Jornal Eletrônico Região News fez um levantamento no final de semana percorrendo algumas propriedades rurais para avaliar o caso. O agricultor Lúcio Basso que tem 4.5 mil hectares de soja plantada, informou que essa poderá ser a pior safra dos últimos tempos.

“A situação é extremamente delicada e pior do que pode se pensar. Tínhamos tudo para colher uma safra de grãos recorde, tendo em vista que existem produtores que estavam colhendo em média 70 sacos de soja por hectares, ou seja, de um momento mágico na agricultura passamos para uma situação de emergência e preocupação”, afirma Lúcio.

Sidrolândia tem como base sustentável de sua economia a produção agrícola e avícola, e a queda na safra significam prejuízos incalculáveis ao município que ostenta a 5ª economia do estado. Preocupado com a situação, o vereador Di Cezar (PSDB) acompanhou a reportagem até os locais que ainda permite acesso.

Foram visitadas as propriedades dos produtores: Nelson Burgel, Olavo Straub, Dario Straub, Paulino Stralioto, Milton Beneti e Lino Matiaso, esses já contabilizam prejuízos.

Outra preocupação dos produtores é com a plantação do milho safrinha que também poderá ser comprometida se o tempo não melhorar nos próximos dias.

CONFIRA IMAGENS DAS LAVOURAS

/>