Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Sidrolandia

Expectativa de vida em MS cresce três meses e continua em 10º lugar no País

Com expectativa de vida de 75 anos, MS fica em 10º lugar no País, abaixo da média nacional e bem longe do primeiro lugar, que é Santa Catarina (78,4 anos).

Campo Grande News

01 de Dezembro de 2015 - 10:44

A expectativa de vida dos sul-mato-grossenses subiu três meses no último ano, segundo levantamento Tábua Completa de Mortalidade, publicada nesta terça-feira (1) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A expectativa de vida em Mato Grosso do Sul continua como a 10ª maior do País.

De acordo com o IBGE, a expectativa média de vida no Estado passou de 74,7 anos em 2013 para 75 anos em 2014. No País, o brasileiro nasce com expectativa de viver até os 75 anos e dois meses, um aumento de três meses e 18 dias em relação ao ano anterior.

Com expectativa de vida de 75 anos, MS fica em 10º lugar no País, abaixo da média nacional e bem longe do primeiro lugar, que é Santa Catarina (78,4 anos). O último colocado no ranking é Alagoas (66,2 anos).

Entre as mulheres, a expectativa de vida é de 78,7 anos, também a 10ª no País. A média nacional no sexo feminino é de 78,8 anos. As moradoras de Santa Catarina tem maior longevidade, 81,8 anos, enquanto as de Roraima (73,7) a menor.
Os homens sul-mato-grossenses podem viver 71,6 anos, enquanto em SC eles vivem até 75,1 e Alagoas, o menor no País, 66,2.

A Tábua da Mortalidade é publicada todo ano pelo IBGE para ser usada no cálculo da aposentadoria pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social).