Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 27 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Fábio Trad espera que Brasil dê exemplo de “superação” contra Alemanha

Na história de seus confrontos, Brasil e Alemanha já se enfrentaram 21 vezes, com 12 vitórias brasileiras, quatro alemãs e cinco empates.

Assessoria

08 de Julho de 2014 - 15:47

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) torce para que a seleção brasileira de futebol consiga se superar, dando exemplo ao seu povo, e chegue assim à final da Copa do Mundo. O Brasil enfrenta a Alemanha daqui a pouco (16h), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (BH).

“Até agora, a seleção não mostrou o bom futebol brasileiro que o mundo admira e teme. Espero que contra a Alemanha, o nosso time consiga unir força e talento para dar ao mundo principalmente aos brasileiros o exemplo de superação que é a principal característica do nosso povo. Avante!”, afirmou Fábio Trad, nesta terça-feira.

Uma superação necessária é a ausência do craque Neymar, que sofreu uma fratura na vértebra devido a uma pancada do lateral colombiano Zúñiga, no último jogo do Brasil, que tirou o atacante da Copa do Mundo.

Novo esquema tático teve de ser montado pelo técnico Felipão, em razão do desligamento de Neymar e também devido à suspensão de Thiago Silva, que sofreu seu segundo cartão amarelo na sexta-feira passada.

Na história de seus confrontos, Brasil e Alemanha já se enfrentaram 21 vezes, com 12 vitórias brasileiras, quatro alemãs e cinco empates. O Brasil marcou 39 gols, contra 24 da Alemanha. O ex-jogador do Flamengo Júnior e Ronaldinho Gaúcho são os artilheiros do confronto, com três gols cada.

Brasil e Alemanha são as duas seleções que mais disputaram jogos em Copas do Mundo, mas só se encontraram uma vez, na final em 2002, quando o Brasil venceu por 2 a 0. Três anos depois, os dois times se enfrentaram na semifinal da Copa das Confederações, na Alemanha, com os brasileiros tendo feito 3 a 2.

Quem vencer o jogo de hoje, vai para a final da Copa do Mundo de 2014, devendo enfrentar o time vencedor do confronto entre Argentina e Holanda, amanhã, em São Paulo.