Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Facebook cria "Reactions", emojis que vão além do "não curti"

Alternativas ao "curti" são "Love", "Haha", "Yay", "Wow", "Sad" e "Angry". Espanha e Irlanda são os primeiros países a ter testes a partir desta sexta.

G1

08 de Outubro de 2015 - 13:49

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (8) a criação do Reactions, uma extensão de seu botão "Curtir" para que os usuários da rede social expressem outro tipo de emoções como surpresa, aborrecimento ou tristeza.

Em inglês, os novos emoticons vão se chamar: "Love", "Haha", "Yay", "Wow", "Sad" e "Angry". Em português expressam "adorei", "engraçado", "feliz", "chocado", "triste" e "com raiva".

Facebook cria "Reactions", emojis que vão além do "não curti"Os reactions estarão disponíveis a partir desta sexta-feira (9), em teste, começando por Espanha e República da Irlanda. Ainda não há previsão de chegada da novidade em todos os países. A novidade deve ser lançada em todo o mundo ao longo da próxima semana.

 Emoticons

Para ter acesso a essas opções, o usuário terá que apertar e segurar o botão "Curtir" para que apareça um menu no qual surgem emoticons descritivos dessas emoções. O Facebook vai analisar o uso destas opções e as possíveis melhoras que pode implementar antes de seu lançamento mundial.

"Estivemos trabalhando para encontrar novas vias para que as pessoas se expressem no Facebook. O Reactions é uma extensão do botão 'Curtir' e procura oferecer novas maneiras de interagir com o conteúdo", explicou à agência EFE o responsável de produto da rede social Chris Tosswell.

Só para publicação, não para comentário

Estas novas opções estarão disponíveis só para interagir com uma publicação, não com seus comentários associados.

Há muito tempo existia a demanda por parte de alguns usuários do Facebook da necessidade de um botão "Não Curtir", já que consideravam que o "Curtir" é insuficiente para interagir com determinados conteúdo.

Há algumas semanas, o executivo-chefe da rede social, Mark Zuckerberg, anunciou que a companhia estava trabalhando em novas maneiras de se mostrar empatia.

"É importante dar às pessoas mais opções do que apenas o 'Curtir' para ajudá-las a expressar empatia", disse Zuckerberg, reconhecendo que "nem todos os momentos são bons".