Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Falta pouco para a Comarca de Cassilândia ser 100% digital

O trabalho de digitalização começou em agosto de 2010 e hoje restam apenas cerca de 100 processos físicos

Conjuntura Online

28 de Maio de 2011 - 08:50

O dinamismo dos processos digitais já chegou a Cassilândia. A 2ª Vara e o Juizado da comarca já estão com 100% dos processos digitalizados e em 15 dias a 1ª Vara também terminará o processo de digitalização.

O trabalho de digitalização começou em agosto de 2010 e hoje restam apenas cerca de 100 processos físicos. Os processos digitais proporcionam diversos benefícios, tanto para o juiz como para os advogados e as partes, que podem acessar os autos de qualquer lugar com a utilização de aparelhos eletrônicos. Além disso, a tramitação eletrônica permite muito mais flexibilidade para a intimação, podendo ser intimado simultaneamente para mais de uma parte.

Com a digitalização, o juiz Sílvio Cezar do Prado, que responde pela comarca, poderá despachar de qualquer lugar, assim como os advogados terão a comodidade de peticionar de seu escritório ou de qualquer lugar que haja uma conexão a internet. Outra vantagem para ambas as partes é que com a obrigatoriedade do peticionamento eletrônico a vinda de advogados ao cartório será praticamente zerada.

Um fato a ser destacado é que na comarca permite-se que as partes façam uso de equipamentos particulares (como os netbooks) durante as audiências. Assim, é possível o manuseio eletrônico das peças, sem a necessidade de uso de papel e, ainda, a redução da utilização do material poupa o meio ambiente.