Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Famílias “encolhem” em Mato Grosso do Sul e população envelhece

Dos 2,5 milhões de habitantes, 24 % (623 mil) têm faixa etária de 40 a 59 anos. Já os que têm entre 25 e 39 anos totalizam 635 mil pessoas. Do total, 288 mil moradores têm mais de 60 anos.

Campo Grande News

27 de Setembro de 2013 - 13:33

No último ano, Mato Grosso do Sul se juntou ao Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul e tem a menor número médio de pessoas por família. Nestes três Estados, são 2,8 pessoas residentes por domicílio particular. Em 2011, o número era de 2,9 no Estado.

Conforme a PNAD 2012 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população de Mato Grosso do Sul está envelhecendo.

Dos 2,5 milhões de habitantes, 24 % (623 mil) têm faixa etária de 40 a 59 anos. Já os que têm entre 25 e 39 anos totalizam 635 mil pessoas. Do total, 288 mil moradores têm mais de 60 anos.

Da população, a maioria é de mulheres. São 1.271.000 de homens e 1.287.000 mulheres. A PNAD é a principal fonte de indicadores socioeconômicos do país.

A pesquisa, realizada desde 1967, traz informações sobre população, migração, educação, trabalho, rendimento e domicílios, incluindo dados sobre acesso à internet e telefone celular.