Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Sidrolandia

Fazendeiro é multado em R$ 38,5 mil por desmatar Mata Atlântica em MS

É o segundo em menos de uma semana.

Midiamax

20 de Dezembro de 2016 - 14:02

Durante fiscalização em propriedades rurais de Sete Quedas, a 459 quilômetros de Campo Grande, policiais militares ambientais descobriram o desmatamento de mais de seis hectares de Mata Atlântica, para a plantação de lavoura. O proprietário da fazendo foi multado em R$ 38,5 mil nesta segunda-feira (19).

Uma das áreas mais ricas em biodiversidade e mais ameaçadas do planeta, a Mata Atlântica é protegida por lei federal e em 1988 foi considerada Reserva da Biosfera pela Unesco e Patrimônio Nacional. Na propriedade, os policiais encontraram mais de 6,7 hectares do bioma desmatado, que foi feito, segundo a polícia, há alguns anos.

No local, uma lavoura sem autorização do órgão ambiental já se desenvolvia. O dono da fazenda, de 23 anos, residente em Sete Quedas, foi autuado administrativamente e multado em R$ 38,5 mil. Ele responderá por crime ambiental, que tem pena de um a três anos de detenção.

Há quatro dias, a PMA multou outro fazendeiro pelo mesmo motivo no município. Assim como no caso desta segunda-feira (19), o homem desmatou seis hectares de Mata Atlântica, para plantação de pastagem sem autorização do órgão ambiental.

No primeiro caso, o suspeito, de 50 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 42 mil. A Mata Atlântica abrangia originalmente uma área equivalente a 1.315.460 km2 e estendia-se originalmente ao longo de 17 estados brasileiros. Hoje, correspondem a uma extensão de aproximadamente 100 mil quilômetros quadrados.