Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 24 de Julho de 2024

Sidrolandia

Fifa confirma que próxima Copa terá novo sistema de arbitragem

"Se quatro novos olhos podem ajudar o árbitro principal, por que não utilizá-los?"

EFE

09 de Julho de 2010 - 09:12

A Copa da África do Sul, marcada por alguns erros graves dos juizes e auxiliares, será a última com o atual sistema de arbitragem, anunciou hoje o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke.

"Se quatro novos olhos podem ajudar o árbitro principal, por que não utilizá-los?", questionou Valcke em entrevista ao canal britânico "BBC". Atualmente, além do juiz principal, há os dois bandeiras e um quarto árbitro, do lado de fora do campo.

A ideia da Fifa é usar outros dois, um atrás de cada gol. "Eu diria que é o último Mundial com o atual sistema de arbitragem", completou o secretário-geral da Fifa.

As falhas mais comentadas da competição até o momento aconteceram nas oitavas de final. O uruguaio Jorge Larrionda não validou um gol legal do meio-campista Lampard, na derrota por 4 a 1 da Inglaterra para a Alemanha. Já o italiano Roberto Rosetti não viu um impedimento claro de Tévez no primeiro gol argentino na vitória por 3 a 1 sobre o México.

Os erros fizeram até Josepp Blatter, presidente da Fifa, se pronunciar sobre o assunto. O dirigente chegou a pedir desculpas pelos incidentes aos países prejudicados.

Comenta-se também sobre o uso de uma tecnologia chamada de Hawk-Eye (olhos de falcão, em inglês), que é também utilizada em competições de tênis. Com ela, seria possível saber quando a bola cruza a linha do gol.