Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Maio de 2022

Sidrolandia

Filhas de Delcídio viram alvos de ataques virtuais depois da prisão do petista

Imagens das conversas já circulam em grupos de bate-papo no aplicativo WhatsApp.

Correio do Estado

27 de Novembro de 2015 - 13:57

As filhas do senador Delcídio do Amaral (PT), preso na quarta-feira (25) por suspeita de obstrução à Operação Lava Jato, passaram a ser alvos de ataques virtuais. Muitas pessoas que conseguiram o número de telefone das duas jovens começaram a enviar mensagens, muitas delas com tom de revolta.

Imagens das conversas já circulam em grupos de bate-papo no aplicativo WhatsApp. Em uma delas, a pessoa enviou o seguinte texto: “Coloca as bolsas chanel no mercado livre. Pra mandar uma marmita mais ajeitada no xilindró”.

Em tom mais intimidador, outra mensagem enviada a uma das filhas de Delcídio cita o nome do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki. Nela consta a seguinte proposta: “Oi..eu sou filho do ministro Teori Zavascki. Me manda nude que eu posso falar com ele pra soltar o bandido do seu pai. O q acha?”.

Outra pessoa um pouco mais “humorada” escreveu para uma das jovens: “O teu pai é ladrão? -Sim?!?! - Então é por isso que ele roubou o brilho das estrelas e colocou nos seus olhos!! Viu gatinha?!?! Tem sempre um lado positivo se a gte olhar a vida com bom humor!”.

“Já te vi em Jurerê. Sabia que o dinheiro não era honesto. Agora malemá em São Vicente vcs vão pagar de riquinhas. Acho pouco!!!!!”, é o que consta em outra conversa.

Neste último caso, a filha de Delcídio rebateu a crítica e se justificou. “Não to respondendo ninguém mas vc eu faço questão. Você vai me ver lá de novo esse ano porque eu moro aqui. Eu trabalho. E meu pai não vive só de política. Portanto meça suas palavras. E claro, nos veremos aqui em Floripa. Bj”.

As contas do senador Delcídio do Amaral nas redes sociais Twitter e Facebook foram excluídas.