Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Governador André restitui área para construção do Centro Integrado de Educação Sesi Senai

O governador André Puccinelli destaca que decidiu por abrir mão da área já doada pela União para beneficiar a população campo-grandense.

Daniel Pedra/Assessoria

02 de Setembro de 2013 - 13:25

Durante reunião nesta segunda-feira (02/09), na Governadoria, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, conseguiu que o governador André Puccinelli concordasse em restituir ao Patrimônio da União uma área já doada ao Estado para que seja repassada ao Sistema Fiems para a construção do CIES (Centro Integrado de Educação Sesi Senai) em Campo Grande, que também contará com a Escola da Construção e abrirá 6 mil novas vagas por ano.

“É muito importante destacarmos a vontade do governador em avaliar a necessidade da construção de uma escola para atender não só a área da construção civil, mas também a de segurança do trabalhador”, disse.

Sérgio Longen explica que o Patrimônio da União também já está de acordo em ceder o terreno de mais de 70 mil m² localizado em frente ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, que tinha sido doado ao Governo do Estado. “Agora contamos com o pronto atendimento do prefeito Alcides Bernal para que possamos aprovar esse projeto o mais rápido possível e assim conseguir ainda neste ano o recurso necessário para a obra junto à CNI”, declarou, explicando que parte da área pertence à Prefeitura Municipal e, portanto, precisa do aval do prefeito para a escrituração do terreno.

O governador André Puccinelli destaca que decidiu por abrir mão da área já doada pela União para beneficiar a população campo-grandense. “A Capital passará a contar com um centro moderno de formação profissional, contribuindo para desafogar o segmento da construção civil, um dos que mais necessitam de mão de obra qualificada no Estado”, disse. Atualmente, o segmento tem um déficit de 15 mil trabalhadores capacitados em Mato Grosso do Sul, dos quais 7,5 mil apenas em Campo Grande.

O projeto

Pelo projeto, o Centro Integrado de Educação Sesi Senai terá área construída de 15 mil m² e as edificações serão distribuídas em setor técnico-administrativo, setor de salas de aula e biblioteca, setor de laboratórios, refeitório, bloco de oficinas de construção civil, anexo do bloco de oficinas de construção civil, ações móveis, quadra poliesportiva e multieventos.

Além disso, o espaço terá um Núcleo de SST (Segurança e Saúde do Trabalho), que inclui consultórios, laboratórios e demais áreas no primeiro piso, enquanto o segundo piso terá áreas técnicas e de administração. “Após iniciadas, as obras do Centro Integrado deve levar 18 meses para serem concluídas”, informou o presidente da Fiems.

Também participaram da reunião o vice-presidente da Fiems, Alonso Resende do Nascimento, o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck, e representantes da Secretaria do Patrimônio da União.