Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Governador inaugura novas instalações do Samu em Corumbá

As duas unidades de suporte básico e a de suporte avançado foram disponibilizadas pelo governo federal, por meio do Ministério da Saúde.

Notícias MS

27 de Agosto de 2013 - 16:18

O governador André Puccinelli inaugura amanhã, às 14 horas, as novas instalações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no município de Corumbá. A solenidade acontece na Avenida Nossa Senhora da Candelária (esquina com Avenida Rio Branco, ao lado do Quartel de Bombeiros).

A base descentralizada do Samu para Corumbá e região, que antes funcionava em uma sala improvisada, recebeu investimentos de R$ 761.885,50, aplicados na construção de um prédio adequado às necessidades de atendimento e condições de trabalho das equipes do serviço de urgência e emergência.

O novo prédio faz parte das ações para a Saúde do pacote de investimentos do MS Forte 2. Com área de 979,84 m2, construído anexo ao 3º Grupamento de Bombeiros, o espaço conta com dois blocos, o administrativo - onde funcionará a sala de treinamento, de reunião, de enfermagem, sanitários, arquivo, copa, sala de estar e dormitórios - e o bloco operacional - onde entrará em operação a sala de equipamentos, almoxarifado, sala de utilidades, esterilização e dispensa médica. As novas instalações também contam com abrigo para as viaturas e local para lavagem das macas e ambulâncias.

Em Corumbá, o Samu funciona integrado ao Corpo de Bombeiros e tem gestão compartilhada entre a Secretaria de Estado de Saúde e o município. Para o atendimento à população, a central de Corumbá conta com duas viaturas de suporte básico e uma ambulância de suporte avançado. Em conjunto com o Corpo de Bombeiros, esses veículos atendem as ocorrências originadas na região de Ladário, Corumbá, Aquidauana, Anastácio e Coxim.

 Em atividade desde 2011 em Corumbá, o serviço conta com 44 profissionais. São 18 médicos, 12 enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e seis bombeiros se revezando 24 horas por dia nos atendimentos emergenciais.

Recursos

As duas unidades de suporte básico e a de suporte avançado foram disponibilizadas pelo governo federal, por meio do Ministério da Saúde. Os recursos para a manutenção dos veículos e equipamentos são provenientes do governo do Estado e Ministério da Saúde, e o custeio da folha de pagamento dos médicos e profissionais de enfermagem é pago pela Prefeitura.