Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 23 de Junho de 2021

Sidrolandia

Governador participa de comitiva que vai discutir liminar sobre rio Taquari

Na última sexta-feira, o presidente do Tribunal Regional Federal negou o pedido do governo estadual que solicitou a suspensão da liminar.

Campo Grande News

04 de Setembro de 2013 - 08:40

O governador André Puccinelli (PMDB) irá participar de comitiva formada por nove prefeitos, pelo procurador geral do Estado, representante do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e deputado estadual Junior Mochi (PMDB) que se reunirão hoje às 13h45 com o relator e o presidente do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3° Região) em São Paulo. Eles vão discutir a liminar que impede a concessão de licenças ambientais na região da Bacia do rio Taquari.

Esta agenda foi decidida após reunião na governadoria com os prefeitos dos municípios de Sonora, Pedro Gomes, Coxim, Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Camapuã, Figueirão, Costa Rica e Alcinópolis que apontaram impacto negativo na economia após a suspensão destas licenças por ordem judicial.

O deputado Junior Mochi afirmou ontem na Assembleia que além de prejudicar a economia destas cidades, esta liminar irá impedir a construção de 600 residências na região que está incluída no projeto MS Forte II.

Caso – No dia 23 de maio o juiz federal de Coxim, Gilberto Mendes Sobrinho, concedeu liminar proibindo a concessão Ed licença ambientais em relação a atividades econômicas e de natureza agrícola na região do rio Taquari. Esta decisão foi tomada após denúncia do MPF (Ministério Público Federal).

Na última sexta-feira, o presidente do Tribunal Regional Federal negou o pedido do governo estadual que solicitou a suspensão da liminar. A comitiva irá pedir o efeito suspensivo da liminar ou o pedido de agravo regimental para que a decisão seja estendida para todo pleno do tribunal.