Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Maio de 2022

Sidrolandia

Governador sobrevoa regiões mais atingidas pela chuva em Mato Grosso do Sul

Às 10h40 o governador confere as áreas mais afetadas na região de Amambai e às 12h é a vez de Tacuru onde há mais erosão.

Midiamax

07 de Dezembro de 2015 - 08:52

Depois de decretar estado de emergência em 14 municípios sul-mato-grossenses devido a estragos trazidos pelas fortes chuvas, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai passar o dia sobrevoando algumas cidades que tiveram a situação agravada pelas tempestades dos últimos dias. Segundo agenda, o tucano sai às 8h de Campo Grande. 

A primeira parada será em Ponta Porã às 9h10 para abastecimento da aeronave. Às 10h40 o governador confere as áreas mais afetadas na região de Amambai e às 12h é a vez de Tacuru onde há mais erosão. Às 13h10 outra parada em Iguatemi para abastecimento, retomando voo para Naviraí às 14h20. Uma hora depois o último destino é Dourados para reabastecimento do avião e retorno a Campo Grande.

Na semana passada o Executivo decretou situação de emergência em Amambai, Aral Moreira, Caarapó, Coronel Sapucaia, Eldorado, Iguatemi, Itaquirai, Japorã, Juti, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru. As respectivas prefeituras já haviam feito o decreto, mas para angariar recursos federais à recuperação das áreas o Estado fez o mesmo.

Pelo menos 23 pontes foram danificadas, sendo 21 municipais e duas estaduais. Outras 43 rodovias sofreram estragos e somente três são de responsabilidades do Estado. Sem prazo estipulado, a Secretaria Nacional de Defesa Civil irá avaliar o possível reconhecimento da situação de emergência e o provável encaminhamento de verba federal para Mato Grosso do Sul.