Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Governo de MS fecha quinto bimestre com saldo de R$ 590 milhões

Na evolução da receita corrente líquida entre novembro de 2014 e setembro deste ano, o volume chega a R$ 8,31 bilhões.

Midiamax

30 de Novembro de 2015 - 10:00

Balanço divulgado nesta segunda-feira (30) mostra que o governo de Mato Grosso do Sul fechou as contas no azul no período de janeiro a agosto deste ano. As receitas somam R$ 11 bilhões, correspondente a 82,47% da previsão para o ano inteiro, e as despesas R$ 10,41 bilhões, ou seja, diferença positiva na casa dos R$ 590 milhões.

Os números constam em Relatório Resumido da Execução Orçamentária, relativo ao quinto bimestre de 2015. Considerando somente os meses de julho e agosto, as receitas chegam a R$ 2,02 bilhões, 15,19% do previsto, frente a R$ 2,6 bilhões de despesas liquidadas.

Na evolução da receita corrente líquida entre novembro de 2014 e setembro deste ano, o volume chega a R$ 8,31 bilhões. O número é a diferença entre as receitas correntes, como a obtida via arrecadação de impostos e repasses constitucionais, que totalizam R$ 12 bilhões, e deduções também previstas em lei, no total de R$ 3,7 bilhões.

Entre os números divulgados estão também demonstrativos do custo da folha de pagamento do funcionalismo, porém, diferente do relatório do quarto semestre, que detalhava gastos entre janeiro e agosto deste ano, na ordem de R$ 4,2 bilhões, nesta publicação, não consta valores incluindo os meses de setembro e outubro. Até agosto, o governo havia gasto 51,08% da receita corrente líquida para cumprimento da folha, valor dentro do limite máximo previsto na LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que é de 60%.